A Secretaria de Educação do Estado do Maranhão (Seduc) informou ontem, quarta-feira (02) em nota oficial encaminhada para a  imprensa que o contrato para aquisição de 1.472 assinaturas da revista Carta Capital ao valor de R$ 671.984,40, foi cancelado. A nota tenta explicar a compra com dispensa de licitação, mas mente ao informar que edições impressas não foram recebidas.

O edital com dispensa de licitação datada de 24 de agosto, quando anteriormente o governo já havia anunciado a prorrogação da suspensão das atividades da rede estadual de ensino, derruba a justificativa do governo para o encerramento do contrato, que beneficiaria uma publicação de cunho esquerdista comunista e serviria para doutrinação nas escolas, além de fazer a propaganda do governador Flávio Dino (PCdoB). Com a repercussão na imprensa local, através do Blog do Luis Cardoso, e nacional, notadamente no programa Pingos nos Is, da Jovem Pan, houve o recuo.

O assunto “assinaturas camaradas” começou a ser discutido desde a semana passada no gabinete do senador Roberto Rocha, conforme informou hoje o Blog do Gilberto Leda. E foi de Brasília que o Blog do Luis Cardoso recebeu apenas o edital, parte do contrato e da dispensa de licitação, ao contrário do que tentou afirmar um blog desconhecido montado no gabinete do deputado Wellington do Curso para ser usado como instrumento contra os adversários do parlamentar.

A nota do governo diz que as edições não chegaram a ser recebidas, mas contra imagens não existem argumentos. Vejam abaixo vídeo do amontoado de edições da revista Carta Capital em um anexo da Seduc:

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.