A unidade de saúde gerenciada pelo Instituto Acqua em parceria com a Secretaria de Estado da Saúde (SES) encerrou a campanha Outubro Rosa com mais de 300 mamografias realizadas no mês de outubro

Mulheres de várias cidades da Baixada Maranhense, que estavam em busca de atendimento em saúde e realização de exame de mamografia, foram atendidas no Hospital Regional da Baixada Maranhense Dr. Jackson Lago, no município de Pinheiro (MA). A unidade gerenciada pelo Instituto Acqua em parceria com a Secretaria de Estado da Saúde (SES) do Maranhão oferece o serviço especializado e também a consulta com a médica especializada em mastologista. Atraídas pela oportunidade da campanha Outubro Rosa de prevenção ao câncer de mama, a maioria das mulheres são moradoras da zona rural e algumas nunca haviam realizado o exame.

A lavradora Maria da Conceição Rodrigues, 47 anos, veio da cidade de São Bento até o hospital. “Estava sentindo umas fisgadas no seio esquerdo e ele até inchou. Fiz uma consulta na minha cidade e vim com essa requisição. Falaram que eu já estava com mais de 40 anos e que eu precisava fazer o exame. Agora estou mais aliviada em saber o que está acontecendo”, disse.

Era a primeira vez que Maria realizava um exame de mamografia. O aparelho consiste no uso de quatro placas que examinam os seios e axilas de modo aprofundado e o resultado sai em 15 dias, com retorno agendado com a mastologista. Antes do exame, as mulheres recebem informações sobre a importância do autocuidado e a prevenção.

“Quando elas chegam e ficam na espera do atendimento, a gente reúne todas em uma sala e aproveita a ocasião para levar essas informações, ensinamos como fazer o autoexame e observar melhor o corpo, além de orientar sobre as consultas e preventivos com regularidade”, destacou a coordenadora do Núcleo de Educação Permanente do hospital, Nayhane Ferreira Cunha.

Informações que encheram de esperança e alento a também lavradora Laurenice dos Santos Mendes, 54 anos, da cidade de Santa Helena. “Lá na minha comunidade a agente de saúde me falou que está tendo muita mulher com câncer de mama. Como eu tenho sentido umas dores no peito, vim me consultar e tenho esperança de que está tudo bem”, falou.

Palestras, orientações, blitze educativas, entrega de laços, consultoria de beleza e sorteio de brindes integraram a programação do Outubro Rosa. Ao longo de toda a campanha, foram intensificadas as ações de consultas e exames. Mais de 300 mamografias foram realizadas e 143 consultas com mastologista.

Para a diretora do hospital, Margarida Mendes, a campanha cumpriu o objetivo de sensibilizar e prevenir as mulheres. “Foi bastante positivo porque o hospital mantém essa demanda alta de exames por ter o mamógrafo, que é um serviço especializado. A campanha tem o foco na prevenção e atendeu às mulheres em geral, com exames, consultas e muita informação”, finalizou.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.