Por exigência da Marinha a todos os grandes empeendimentos que ofereçam impacto na navegação, a Capitania dos Portos do Maranhão simulou manobras de navio no canal do Porto São Luís, que está sendo construído na capital, e, após certificar a segurança do design do canal, autorizou a instalação do Porto.

Capitão Marcio Dutra, da Capitania dos Portos do Maranhão

As simulações são ferramentas que têm capacidade de dizer se a operação tem maior ou menor grau de risco, e, com base nos dados, é possível fazer ajustes no projeto. O comandante Marcio Dutra, da Capitania dos Portos do Maranhão, acompanhou a operação em São Paulo, e segundo ele, foram inseridas as piores condições possíveis para o acesso ao canal de manobra do novo porto.

“Tornamos o ambiente mais difícil para o navio do que é encontrado na realidade. Fizemos, inclusive, testes de reposicionamento da ponte do cais, e constatamos que está bem aceitável a posição em que está, mais ao sul. Em posições mais ao norte, por exemplo, interferiria com a poligonal do Porto do Itaqui, o que não acontece da forma como está o design do Porto São Luís”, explicou o capitão.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.