Os crimes de pistolagem só crescem no estado. Mais duas execuções foram registradas no Maranhão só neste final de semana, desta vez na cidade de Grajaú. Uma das vítimas, identificada apenas como Tuntum, seria sobrinho do principal suspeito de matar a líder indígena Maria Amélia Guajajara, no último dia 29.

Segundo informações, Tuntum teria várias pasagens pela polícia e era suspeito de praticar assaltos na reseva Canabrava. Já o outro homicídio ocorreu no povoado de Remanso, também em Grajaú. André Alencar de Sousa foi morto com quatro tiros. Segundo a polícia os bandidos fugiram numa moto.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.