O desembargador aposentado Júlio Araújo Aires veio a óbito ontem (17), por volta das 22h, no Hospital Guarás, com 86 anos, ele vinha passando por problemas respiratórios.

O enterro ocorreu hoje de tarde.

Considerado um desembargador íntegro, Júlio Aires não chegou ao cargo de presidente do Tribunal de Justiça do Maranhão, mas era muito querido entre seus pares. Veja abaixo a note de pesar:

É com muito pesar que informamos o falecimento do irmão Júlio Araújo Aíres, ontem às 22hs.

Agradecemos a Deus pelo exemplo de vida e honradez que o servo de Deus deixou para toda a igreja e sociedade.
“Assim voltarão os resgatados do Senhor, e virão cantando para Jerusalém e ali viverão felizes para sempre. A alegria e a felicidade os acompanhão, e não haverá mais tristeza nem choro (Isaías 35.10).

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.