Embora o CIOPS tenha registrado a morte do juiz como afogamento, a causa da tragédia ainda é desconhecida. Alguns amigos acreditam que o magistrado Fernando Cruz, da 7ª Vara Criminal de São Luís tenha sofrido infarto, ele fazia musculação, não bebia e nem fumava.

Hoje, pela manhã, o Tribunal de Justiça e Associação dos Magistrados do Maranhão soltaram notas de solidariedade. Confira abaixo:

NOTA DE PESAR AMMA

Com imenso pesar, a Associação dos Magistrados do Maranhão (AMMA) tomou conhecimento, na manhã desta segunda-feira (9), do falecimento do juiz Fernando Cruz, titular da 7a Vara Criminal da Comarca da Ilha de São Luís. De imediato, o presidente Angelo Santos acionou a Diretoria de Segurança Institucional do Tribunal de Justiça para que sejam efetuadas as averiguações preliminares das circunstâncias que ocasionaram a morte do magistrado.

A AMMA lamenta o ocorrido, solidariza-se com familiares, amigos e com toda a Magistratura maranhense, abalados pela dor da perda do estimado colega.

São Luís, 9 de setembro de 2019

Juiz Angelo Santos
Presidente da AMMA

NOTA DE PESAR TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO MARANHÃO

O Presidente do Egrégio Tribunal de Justiça do Maranhão, Desembargador José Joaquim Figueiredo dos Anjos, em nome dos demais desembargadores membros da Corte e da Família Judiciária Maranhense, vem externar profundo pesar pela perda do juiz Fernando Luiz Mendes Cruz, titular da 7ª Vara Criminal da Comarca de São Luís.

O Desembargador José Joaquim Figueiredo dos Anjos presta condolências, expressando os mais sinceros pêsames pelo falecimento do juiz Fernando Luiz Mendes Cruz, solidarizando-se com seus pais e familiares, desejando conforto e serenidade em momento tão difícil de imensurável perda.

Desembargador José Joaquim Figueiredo dos Anjos
Presidente do Tribunal de Justiça do Maranhão

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.