O menor João Miguel, que teve o corpo queimado numa carvoaria em Butiricupu, morreu hoje de manhã, quarta-feira, dia 13, em hospital para tratamento de queimados, em Goiânia.

Levado para um centro especializado em tratamento de queimados em Goiânia, desde novembro do ano passado, o menor de cinco anos teve os pés e mãos amputados.

Quando esteve hospitalizado em Imperatriz, a criança teve que cortar as pontas dos dedos. Ele teve queimaduras graves quando estava em uma carvoaria com o pai, na cidade de Buriticupu.

João Miguel chegou a ter quadro de melhoras evoluído no seu quadro de saúde, chegando a não usar mais aparelhos para respirar.

É muito grave o estado de saúde de criança que sofreu fortes queimaduras no Maranhão

Em Goiânia, criança que sofreu graves queimaduras no Maranhão teve amputados os pés e as mãos

João Miguel, que sofreu queimaduras graves, precisa com urgência de sangue

Criança com graves queimaduras foi transferido para hospital especializado em Goiânia

Família de criança queimada diz que não autorizou ajudas em contas bancárias

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.