O presidente do Senado Federal, José Sarney, decidiu agora a pouco em reunião com diversos colegas da Casa, colocar em discussão à Mesa Diretora a proposta do senador paulista Eduardo Suplicy que os nomes de todos os servidores do Senado sejam colocados na internet.

E mais: com seus respectivos salários e a qual gabinete prestam serviços. A proposta não foi aceita por boa parte dos senadores da bancada do PSDB.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.