A Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) informou por volta das 15h desta segunda-feira que a Polícia Federal concluiu a checagem das nacionalidades das pessoas a bordo do voo 447 da Air France, que desapareceu no trajeto entre o Rio e Paris.

Em nota, a Anac informou que estavam a bordo 52 brasileiros –51 passageiros e um tripulante. Entre esses brasileiros, alguns têm dupla nacionalidade.

Os números ainda são divergentes. Mais cedo, a Air France havia informado que eram 80 os brasileiros no voo AF 447. A Anac informou que o número divulgado pela companhia francesa era “provisório”. Em sua página na internet, a Air France informa nesta tarde que são 58 os brasileiros no voo.

De acordo com a Anac, a companhia aérea está entrando em contato com os familiares dos passageiros em dois centros de atendimento no Rio (no aeroporto Tom Jobim e no hotel Windsor, na Barra da Tijuca).

O voo AF 447 decolou por volta das 19h de domingo do aeroporto do Galeão (Tom Jobim) e deveria pousar no aeroporto Charles de Gaulle, em Paris, por volta das 11h local (6h de Brasília). Em nota, a empresa afirma que a aeronave “cruzou uma zona com forte turbulência” por volta das 23h (horário de Brasília) e enviou alerta automático sobre problemas no circuito elétrico às 23h14.

Os nomes confirmados até agora são:

* Adriana Francisco Sluijs, 40, da área de comunicação corporativa da Petrobras
* Antonio Gueiros, diretor de informática da Michelin
* Christin Pieraerts, funcionária da unidade Paris da Michelin
* Deise Possamai, 34, funcionária da prefeitura de Criciúma
* Erich Heine, presidente da ThyssenKrupp CSA – Companhia Siderúrgica do Atlântico
* Giovanni Batista Lenzi, deputado da Província Autônoma de Trento
* Letícia Chem, 36, gerente de roaming internacional da operadora Oi
* Luigi Zortea, prefeito de Canal San Bovo, em Trento (Itália)
* Luiz Roberto Anastácio, presidente da Michelin para a América do Sul
* Marcelo Parente, 38, chefe de gabinete do prefeito do Rio, Eduardo Paes (PMDB)
* Mulher de Marcelo Parente, cujo nome não foi confirmado
* Nelson Marinho Filho, 40, mecânico de engrenagens
* príncipe Pedro Luis de Orleans e Bragança, 26, descendente de dom Pedro 2º
* Rino Zandonai, diretor da Associazione Trentini Nel Mondo
* Roberto Corrêa Chem, 65, cirurgião plástico e professor universitário
* Silvio Barbato, ex-diretor artístico da Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional
* Vera Chem, 63, psicóloga

Com informações da Folha Online

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.