Preso na noite da última segunda-feira (2), o empresário Rony Veras Nogueira, de 41 anos, acusado de matar esposa com pelo menos seis tiros a queima roupa, na noite do último sábado (30) na cidade de Dom Pedro, no Maranhão, foi transferido para foi transferido para o Complexo Penitenciário São Luís, em Pedrinhas. Ele estava foragido e já tinha prisão preventiva decretada pela Justiça.

Foto Reprodução

Nesta terça-feira (3), Rony participou da audiência de custódia realizada na Central de Inquéritos e Custódia da Comarca da Grande Ilha de São Luís.

O crime provocou uma grande comoção na cidade de Dom Pedro. Ianca Vales do Amaral, de 26 anos, ainda tentou fugir dos disparos mas não resistiu e morreu na residência do casal, que fica localizada na Avenida Gonçalves Dias, no Centro da cidade.

Após cometer o crime, Rony se escondeu da polícia em um cômodo da casa, fugiu tomando rumo ignorado e estava foragido até ser localizado hoje em Vargem Grande.

O assassino é filho de Dedé dos Pneus, dono do Posto e Churrascaria Royal localizado às margens da BR-135, em Dom Pedro, empresário bastante conhecido na região.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.