De nada adiantaram as medidas protetivas que impediam o acesso do homem a sua ex-mulher. Por não aceitar o fim do relacionamento, ontem, Iramar Ferreira da Silva matou à facadas Francineide Francisca Nascimento e se suicidou em seguida, na cidade de Bacabal.

Iramar vivia ameaçando a ex-mulher para que o relacionamento fosse reatado. Ela registrou queixa na delegacia contra o ex-marido e ganhou medidas protetivas que impediam a aproximação dele.

Ontem, por volta das 22h40 ele esteve na residência dela onde os dois voltaram a discutir, no bairro Novo Bacabal. Não satisfeito, ele a seguiu de moto e quando parou ao lado da ex-companheira foi sacando de uma faca, com a qual a matou.

A polícia tomou conhecimento do caso e foi até ao local do crime para se certificar da verdade. Em seguida, os policiais rumaram para a casa do assassino e quando lá chegaram deram com ele pendurado numa corda. Iramar recorreu ao suicídio.

20 mulheres mortas nos cincos primeiros meses de 2018 vítimas de feminicidio

Militar que matou a namorada e se suicidou, convidou a ex esposa para o mesmo local do crime

Na frente dos filhos, professora é assassinada pelo ex-marido

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.