Familiar da professora Neurivânia Barbosa dos Santos, assassinada na madrugada de ontem pelo ex-marido (foto abaixo), Edvan Carneiro Macedo, 43 anos, oferece recompensa no valor de R$ 1 mil para quem indicar o paradeiro do criminoso, fornecendo a informação pelo disque 190. A professora foi assassinada na frente dos filhos do casal ( um de 08 anos e outras de 14 anos), na cidade de Formosa da Serra Negra, no Maranhão. 

Edvan estava separado uns 11 meses de Neurivânia (foto abaixo) e insistindo sempre para que a ex-companheira aceitasse reatar a relação, o que ela não concordava. A professora chegou a registrar três ocorrências contra o ex-marido por causa dos ciúmes agressivos dele.

O ato crimino foi uma surpresa para familiares e vizinhos, uma vez que o ex-companheiro nunca foi violento com a professora.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.