drag queen maranhense Pabllo Vittar  não compareceu à audiência em  Imperatriz, como era de se esperar, ela apenas mandou seu advogado que veio diretamente de Uberlândia (MG).

Pabllo Vittar não aceitou as exigências do autores do processo e  seu advogado propôs no máximo a devolução do cachê de R$ 32 mil. Os contratantes se recusaram aceitar apenas a devolução do cachê, pois tinham proposto além do valor do show que a drag arcasse com os danos materiais causados por sua ausência no evento.

Apesar da Pabllo reconhecer que não houve o evento por sua causa, ela através de seu defensor, não aceitou arcar com a exigência de R$ 100 mil e mais uma indenização de dano por quebra contratual que os contratantes de Imperatriz exigem.

As partes não chegaram a um acordo.

Atualmente a drag é considerada a maior do mundo e vive um bom momento, recebendo um cachê gordo em cada show, cobrando mais de R$ 100 mil por post no Instagram e cerca de R$ 250 mil por presença vip.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.