Foi veiculada matéria no blog do Luís Cardoso com citações à Techint e Eneva, sem que tenhamos sido procurados para esclarecimentos (link para matéria: https://luiscardoso.com.br/covid-19/2020/04/onibus-chegam-lotados-com-trabalhadores-em-santo-antonio-dos-lopes-e-deixa-moradores-preocupados/).

Segue posicionamento abaixo:

A Eneva e a Techint, empresa contratada que atua no Complexo Parnaíba, esclarecem que as imagens apresentadas pelo Blog são antigas e não condizem com a situação atual do transporte de funcionários do Complexo Parnaíba. As empresas seguem todas as recomendações sanitárias, sendo obrigatório o uso de máscaras de proteção e respeitada a distância mínima de um metro entre os passageiros.

Além disso, a higienização dos veículos está reforçada e os ônibus estão circulando em mais horários, com ocupação reduzida pela metade para respeitar o distanciamento recomendado. A medição de temperatura corporal diária é realizada assim que os trabalhadores descem dos ônibus, com objetivo de identificar possíveis casos suspeitos. Eneva e Techint destacam ainda que 80% da mão de obra do projeto é residente no município de Santo Antônio dos Lopes e arredores.

Encaminho ainda as medidas que as empresas citadas tomaram para evitar a propagação da Covid-19.

  • Todos os trabalhadores estão usando máscaras de proteção. O uso é obrigatório em todas as áreas do Complexo Parnaíba, nos ônibus e outros veículos de transporte.
  • Todos os colaboradores de funções administrativas que possuem disponibilidade estão trabalhando em casa (home office). Já a escala de trabalho nas áreas operacionais foi alterada e as equipes estão organizadas para diminuir ao máximo o deslocamento de pessoas. Os profissionais que precisam iniciar o turno na operação são de locais próximos ao Complexo Parnaíba e estão fazendo o deslocamento de carro. Além disso, a limpeza dos coletivos e dos carros particulares foi intensificada.
  • As viagens de colaboradores, clientes e fornecedores da Eneva e Techint, estrangeiros ou não, estão restritas e controladas.
  • A quantidade de ônibus em circulação foi aumentada e a taxa de ocupação foi reduzida para 46%. Também foram ampliados os horários de atendimento com espaçamentos dos turnos de trabalho. Todos os motoristas estão sendo orientados para garantir a distância mínima necessária entre os colaboradores.
  • Diariamente, todos os trabalhadores da Eneva e Techint fazem o controle da temperatura corporal nas portarias de acesso às operações e estão sendo acompanhados pela área de Saúde.
  • Medidas de distanciamento dos trabalhadores também estão sendo adotadas nos refeitórios e áreas comuns do Complexo Parnaíba.
  • Constantemente os trabalhadores estão recebendo orientações sobre práticas de higiene e cuidados específicos relacionados ao covid-19, como lavar as mãos frequentemente com água e sabão, cobrir nariz e boca com lenço ou braço ao tossir ou espirrar, evitar tocar os olhos, nariz e boca, higienizar os aparelhos de uso constante, como celulares, e evitar a circulação desnecessária nas ruas.
  • As empresas reiteram sua preocupação, cuidado e respeito aos seus colaboradores e comunidades com as quais se relacionam e reforçam que outras medidas poderão ser implementadas a qualquer momento, seguindo a atualização dos protocolos pelas autoridades públicas responsáveis.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.