Depois da exoneração do ex-secretário Alan Kardec Duailibe, defenestrado pelos próprios camaradas do PCdoB, nada mudou na Educação Municipal. O atual titular da pasta, Geraldo Castro, tomou posse repetindo a orientação do pai do prefeito, ao avisar aos companheiros que a Secretaria “era da cidade e não do partido”.

Acontece que a problemática Semed nem à cidade serve para cumprir suas obrigações, quanto mais para a esquecida zona rural da Grande São Luís.

A denúncia de que alunos da Unidade de Ensino Básico Mindinho, da rede municipal de ensino, no Maracanã, estão sem aulas há dois meses, em razão da interdição da escola, em precárias condições é mais uma amostra de que nada mudou no comando da secretaria. O local para onde os alunos deveriam ser transferidos até a reforma, uma casa que também pertence à Secretaria Municipal de Educação, está servindo de moradia para um ex-vigia do município, há dois anos.

O homem identificado como Marcos, que vive com a família no prédio, não quis gravar entrevista, mas afirmou que é vigia e está no local porque não recebe salário da prefeitura há 18 meses. Disse ainda que a Semed estaria tentando negociar a dívida.

O quadro da escola é deprimente: as tábuas estão sendo devoradas pelos cupins e as que restam podem cair. “Por pouco o teto não caiu em cima dos alunos. Estava horrível a situação”, afirmou Elizabeth Silva, mãe de aluno ao portal Imirante.

A Secretaria Municipal de Educação em São Luís não se pronunciou sobre o assunto. Problemas com a Saúde e a Educação só estão se agravando na Administração que prometeu a “Mudança”. E pelo que informa as fontes oficiais, dinheiro não é problemas. São 2.032 convênios mantidos com o Governo Federal.

Somente no período de 26/10 a 25/11, a Prefeitura Municipal de São Luís recebeu 249 milhões, 591 mil, 725 reais e 25 centavos, em convênios com o Governo Federal. Nada mal. Isso sem falar nos repasses dos fundos da Educação, pontuais, diretamente na conta do Município a cada mês.

Blog do Seu Riba

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.