Felipe Sousa foi registrar Boletim de Ocorrência na delegacia do Cohatrac (13º DP), para que a Polícia Civil investigue as circunstâncias em que ocorreu a morte do filho, Kalvin Bradon.

Foto Reprodução: Instagram

De acordo com Felipe, a gestação da esposa foi tranquila, o atendimento hospitalar aconteceu no dia 21 de abril, na Maternidade Benedito Leite, quando a gestação completava 37 semanas.

Por pouco não perdi a minha esposa também. Ela entrou na maternidade às 8h30, foi para sala de observação e, ainda pela manhã, notaram alteração nos batimentos. Na madrugada, meu filho morreu. Tomei um abalo quando não ouvi os batimentos cardíacos do meu filho”, explica Felipe.

No atendimento precário na delegacia, o desgaste emocional da família aumentou o sofrimento pós perda. Felipe foi surpreendido no 13º DP com a estrutura insuficiente para o bom atendimento, apenas um computador funcionava e a espera durou três horas.

Ou na maternidade, ou na delegacia, me sinto desrespeitado como cidadão. Cheguei na delegacia e tive que esperar, pois apenas um computador funciona. Uma fila enorme e muitas horas aguardando. Tudo isto prolonga meu sofrimento de luto, perdi meu filho e ainda sou submetido a este tipo de situação. É hospital, é delegacia, esperas que custam até vidas”, conclui Felipe.

A denúncia foi divulgada pelo Sinpol, Sindicato dos Policiais Civis do Maranhão.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS

"São Luís terá um governador amigo da cidade e amigo de todos os maranhenses, que coloca ...
Leia Mais
Um vídeo circula nas redes sociais com imagens de um ferryboat da Internacional Marítima à deriva ...
Leia Mais
Em 2017 o governo do estado do Maranhão, atendendo às necessidades de profissionais para a Agência ...
Leia Mais
O deputado estadual Zé Inácio usou a tribuna da Assembleia nesta quarta-feira (11) para destacar a ...
Leia Mais
O Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA) declarou inconstitucional resolução do município de Buritirana, que criou ...
Leia Mais
Por que apoiar o projeto de reeleição do deputado federal Hildo Rocha? O que o parlamentar ...
Leia Mais

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.