A CAEMA (Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão) deve restabelecer, no prazo de 15 dias, o fornecimento de água aos moradores do Residencial Jomar Moraes. A determinação é do juiz titular da Vara de Interesses Difusos e Coletivos de São Luís, Douglas de Melo Martins, ao deferir o pedido de tutela de urgência, na ação civil pública ajuizada pelo Instituto Brasileiro de Estudo e Defesa das Relações de Consumo.

Residencial Jomar Moraes

O Residencial Jomar Moraes é formado por 33 blocos de 32 apartamentos e por dois blocos de 24 apartamentos, e abriga famílias que viviam em condições de vulnerabilidade social nos bairros da Liberdade, Camboa e entorno da Avenida Jackson Lago. A obra foi entregue em dezembro do ano passado pelo Governo Federal.

Conforme o Instituto, a rigor, o abastecimento de água do Residencial Jomar Moraes deveria ser realizado através da rede de distribuição da CAEMA, localizada na Avenida Joaquim Mochel, por intermédio de uma linha de adução. Segundo o autor da ação, os milhares de moradores estão há meses sem o efetivo abastecimento, agravando-se, de acordo com o Instituto, pela péssima qualidade da água recebida.

Na decisão, o magistrado destaca que a água é um bem essencial à coletividade, “sendo impensável privar a sociedade de serviços como abastecimento de água e coleta de esgoto, especialmente quando há a rede implementada para prestação desse serviço”.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Blog do Neto Ferreira O presidente do Sindicato dos servidores da fiscalização agropecuária do Maranhão (Sinfa), ...
Leia Mais
Danilo Ferreira Martins, de 23 anos, e Jefferson Luiz Miranda, são da cidade de Patos na ...
Leia Mais
A informação foi compartilhada nas redes sociais pelo presidente do Moto Club de São Luís, o ...
Leia Mais
Policiais Civis do Maranhão prenderam em flagrante, durante operação realizada em Coroatá na tarde de ontem ...
Leia Mais
O candidato a deputado estadual, Ricardo Arruda (MDB), iniciou a corrida por uma vaga na Assembleia ...
Leia Mais
Todo ano de eleição é a mesma coisa, é só o Tribunal de Contas do Estado ...
Leia Mais

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.