Luis Eduardo Araújo Bento estava quase sacando a quantia de R$ 10 mil em uma agência bancária no Maiobão quando recebeu ordem de prisão por policiais da Depol daquele bairro. O dinheiro era referente a um empréstimo em nome da titular do cartão, uma idosa que não será revelada. Ele portava uma carteira funcional do Corpo de Bombeiros em que era identificado como tenente-coronel. 

Com o falso militar, foram encontrados também documentos e cartões bancários de pessoas idosas, que sugere que ele negociava empréstimos e ficava com os cartões para tirar vantagens como agiota, além de carteira funcional de membro da Guarda Municipal.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.