A babá (foto abaixo) estava trabalhando numa casa tinha seis meses e deu para as gêmeas um medicamento que ela tomava para dormir. Os patrões correram a tempo com as meninas e as levou para um hospital particular, onde elas permanecem internadas. 

O faro ocorreu no Bairro do Araçagy, por volta das 21h de sábado (02), na ausência dos patrões. Identificada como “Gil”, a babá disse, assim que foi presa ontem, domingo (03), ao delegado Valter Vanderley que as crianças pegaram o medicamento que havia caído do bolso dela, com o que não  acreditou o delegado experiente.

Minutos depois ela confessou que andava estressada e que as gêmeas estavam agitadas e deu a elas o remédio que costuma tomar para dormir.

“A princípio ela alegou que o remédio tinha caído do bolso dela e as crianças pegaram. Depois, já na delegacia, ela confessou que ela toma esse remédio, pois está estressada com a vida que leva. Aí em um determinado horário, as crianças estavam muito agitadas, segundo ela, então ela resolveu dar um pouco da medicação para as crianças dormirem. Ela disse que não tinha intenção de matar ninguém”, informou o delegado.

A babá trabalhava na casa do Araçagy nos plantões de sábado e domingo e fui imediatamente despedida. Presa por dupla tentativa de homicídio, foi encaminhada para o setor feminino do Presídio de Pedrinhas.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.