O julgamento foi  feito ontem, quinta-feira (25) pelo Conselho de Polícia Civil do Maranhão. O delegado Tiago Bardal (foto abaixo), ex-superintendente da Seic não mais pertence aos quadros da Secretaria de Segurança Pública. A confirmação foi dada hoje ao blog pelo secretário Jefferson Portela.

A expulsão deve ser publicada no Diário Oficial nas próximas horas, mas os motivos são conhecidos, que vão desde a participação de Bardal em crimes proteção de quadrilhas a extorsão de comerciantes, incluindo o envolvimento com organização criminosa que praticava o roubo de cargas e contrabando no Maranhão.

Agora ex-delegado, Bardal, que encontra-se preso em uma cela especial na Delegacia da Cidade Operária, deve ser transferido para o Complexo Penitenciário de Pedrinhas, onde ocupará outra cela especial por ser advogado.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.