Por ser protegido do deputado governista Paulo Neto , o prefeito de Mata Roma, Raimundo Ivaldo do Nascimento Silva, achou que poderia andar armado sem ser abordado. Ao tentar passar por uma barreira policial na saída da cidade de Caxias, perto de Coelho Neto, o autoridade municipal foi preso e levado para a delegacia.

O prefeito, que é conhecido em Mata Roma por “Bode”, portava um revólver calibre 38 e, por não possuir porte, foi preso em flagrante. Minutos depois ele pagou uma fiança e foi levado pra casa por advogados, mas a arma ficou retida.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.