A Jovem de 24 anos, Carina Silva (foto abaixo), atendeu a um telefone, se arrumou e saiu para jantar, com uma pessoa que ela disse que seria um amigo. No dia seguinte, domingo (20), o corpo da universitária foi encontrado à margem da BR – 010, em Imperatriz.

Ao ser achada, Carina estava despida e com o cabelo cortado. A polícia não acredita que apenas um homem tenha lutado contra ela até que a jovem fosse morta por traumatismo craniano. Ela era lutadora de artes marciais e se formaria em Administração no final do ano em curso.

Por volta das 22h30 ela ligou ao pai para informar que estava em um restaurante jantando com o suposto amigo, mas não disse em qual lugar nem o nome do restaurante.

A polícia trabalha agora com a captura de imagens de câmeras de monitoramento eletrônico de casas próximas onde Carina morava. Mas também pode fazer um trabalho junto ao restaurante onde ela esteve com a pessoa. O telefone da jovem sumiu e ficou desligado desde às 23h.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.