O sargento J. Vieira, que esteve lotado no BPM de Pedreiras, foi assassinado com várias perfurações de facas, na MA 040, povoado São Benedito, na cidade de Timon. Uma outra pessoa também foi assassinado a tiros. Informações indicam que a morte do militar foi feita por familiares do que foi morto a bala, que é parente do dono de um bar chamado Siô. O sargento estava participando de uma rifa no local.

A PM está no local, mas não conseguiu encontrar a faca e nem a arma do sargento que desapareceu. Como havia várias perfurações no corpo do militar, a polícia acredita que ele tenha sido assassinado por mais de uma pessoa.

Aguardem novas informações…

Imagem ilustrativa

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.