Acusado de praticar uma série de estupros usando uma máscara para não ser reconhecido e faca para intimidar as vítimas, Elvis Brito Ribeiro foi preso ontem por policiais militares em Imperatriz. Naquela cidade, ele era conhecido como o terror do Residencial Teotônio Vilela, onde praticava furtos, espancava e estuprava as mulheres.

Para chegar até ao estuprador foi preciso um serviço que envolveu vários setores da Polícia, notadamente o de Inteligência e até o CTA durante a busca do bandido. Antes de ser localizado, ele ainda tentou estuprar uma jovem que correu para se esconder.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.