No início de fevereiro a vereadora Cleudimar, do município de Santa Luzia, teve sua conta do Instagram invadida por uma ação hacker.

Na ação criminosa a pessoa excluiu e bloqueou seguidores da parlamentar.

“Meu Instagram foi invadido por uma ação criminosa de um hacker onde o mesmo excluiu mais de 100 publicações e bloqueou todos os meus seguidores”, disse o legislador em suas redes sociais.

A vereadora esclareceu sobre o ocorrido. Confira abaixo:

Para o Blog do Luís Cardoso, a vereadora contou que foi uma situação muito constrangedora, e que a intenção era difamar sua imagem e tentar atrapalhar o trabalho que vem realizando no município.

Os crimes virtuais são tipificados no Código Penal brasileiro. A Lei Carolina Dieckmann, por exemplo (Lei Nº 12.737/2012), é uma alteração no Código Penal Brasileiro voltada para crimes virtuais e delitos informáticos.

A vereadora prestou queixa na Superintendência Estadual de investigações Criminais – SEIC, e no Departamento de Combate a Crimes Tecnológicos – DCCT. Após dois meses de investigação foi descoberto quem estava por trás do ataque criminoso contra a parlamentar, se trata de Glauciane da Silva Soares, que é assessora pessoal da prefeita de Santa Luzia.

Foto Reprodução redes sociais

Curiosamente a invasão se deu logo após a vereadora publicar duras críticas contra a gestão da prefeita França do Macaquinho, que é chefa da agora investigada por crimes cibernéticos, Glaucia Soares.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.