Por G1MA

O Maranhão possui o pior índice de vacinação com segunda dose contra a Covid-19 entre os estados do nordeste. De acordo com os dados do Consórcio de Veículos de Imprensa, o estado possui, até agora, mais de 6 milhões de doses aplicadas.

Nove meses depois do início da campanha de vacinação contra a Covid, nem metade da população maranhense recebeu as duas doses ainda. A chefe de imunização do estado, Halice Figueiredo, diz que não é por falta de vacina.

“O que a gente tem observado é a baixa adesão pela população. Então, a população precisa ser sensibilizada a estar recebendo sua vacina, se deslocando para os pontos de vacinação, onde ela pode sim ter garantia da sua imunização completa”, disse Halice Figueiredo.

Com esse ritmo, o Maranhão foi parar no fim do ranking na corrida da vacinação, o estado é um dos últimos da lista, com 58% de pessoas vacinadas com a 1ª dose e apenas 37,13% com a segunda dose. Tirando a capital, todos os outros municípios estão com o esquema vacinal atrasado.

Segundo o secretário estadual de saúde, Carlos Lula, além do não retorno das pessoas para tomarem a segunda dose também há uma demora na inserção dos dados atualizados de vacinados.

“Muito provavelmente a gente já ultrapassou 50% no estado, porque a gente passa a ter o pedido de devolução de doses, porque não está tendo procura para a vacinação. A dificuldade é da população mais jovem, que não retornaram”, disse.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.