Em entrevista coletiva virtual, realizada na manhã desta sexta-feira (11), o governador Flávio Dino (PCdoB) afirmou que não haverá suspensão do uso de máscaras no Maranhão, mesmo com a redução do número de casos do novo coronavírus no Estado.

Flávio Dino em entrevista coletiva

Ontem, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse que havia discutido com o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, o fim da obrigatoriedade do uso de máscaras de proteção individual para quem já foi vacinado contra a Covid-19 e também para quem já a contraiu. A fala provocou a reação do governador.

No Maranhão permanece e permanecerá em vigor a determinação do uso de máscaras enquanto não tivermos as condições sanitárias favoráveis a tomada de uma decisão dessa. Eu acredito que nós chegaremos sim a esse momento, mas não chegamos ainda”, disse Flávio Dino.

“Queiroga vai ultimar parecer visando desobrigar uso de máscara de quem estiver vacinado ou já tenha sido contaminado”, disse o presidente, durante evento do setor do turismo realizado ontem. Na avaliação de Bolsonaro, o uso de máscara deve ser obrigatório apenas para quem esteja infectado com a Covid-19.

Dino contesta.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.