Um ato bárbaro de agressão e racismo foi registrado no Maranhão quando um jovem negro, magro, foi torturado dentro do seu próprio carro no condomínio onde mora, em Açailândia. Gabriel da Silva, de 23 anos, está tentando se recuperar pelo que passou no último sábado (18).

O jovem que trabalha como recepcionista, estava no próprio carro, quando um casal se aproximou a passou a chamá-lo de ladrão e exigindo que ele saísse do carro. Então passaram a espancar a vítima.

Um morador salvou o rapaz ao reconhecê-lo e disse ao casal tratar-se de um morador do condomínio e trabalhador. A dupla deixou o local e foi embora. Após registro na delegacia, policiais tentam descobrir quem é o casal através das imagens da câmera interna  Nas redes sociais, Gabriel disse que, além das agressões, houve crime de racismo.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.