Comerciante de Tuntun, suspeito de Covid-19, morre quando estava vindo para São Luís

O homem, que trabalha com vendas e compras de materiais de construção na cidade de Tuntun passou por problemas respiratórios e foi deslocado com urgência para o Macro Hospital de Presidente Dutra. Como a situação estava se agravando, foi ordenada sua transferência para São Luís, mas ele morreu na viagem.

Transportado por uma ambulância do Samu, assim que se aproximou de Entroncamento, o comerciante teve uma parada cardio-respiratória e morreu dentro da ambulância.

O corpo foi levado para a cidade de Timon, onde foi necropsiado e aguarda os parentes para o resultado do exame do novo coronavírus. Bastante popular em Tuntun, o comerciante tinha ótimas amizades, assim como em Imperatriz onde costumava fazer negócios.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Prefeito Edivaldo anuncia fiscalização nas praias de São Luís para evitar aglomeração de pessoas

O prefeito Edivaldo Holanda Junior anunciou que a partir das primeiras horas deste domingo (22) equipes da Guarda Municipal começam a fiscalizar as praias da cidade para dispersar quem ainda insiste em frequentar locais que aglomeram pessoas. Este trabalho será feito em alinhamento com o Governo do Estado, por meio do Corpo de Bombeiros. A Guarda Municipal fiscalizará as áreas de competência municipal e o Corpo de Bombeiros, as áreas de competência estadual. Esta é mais uma medida preventiva contra o novo coronavírus (Covid-19). Medidas adicionais vão ser anunciadas gradativamente nos próximos dias.

Edivaldo reforçou que não há motivo para pânico, mas que é importante a adoção de medidas de prevenção e pediu à população de São Luís que permaneça em casa, saindo apenas quando for de extrema necessidade.

No fim da tarde deste sábado (21) foi confirmado o segundo caso de Covid-19 em São Luís. Uma mulher de 37 anos que teve contato com estrangeiros foi diagnosticada em um hospital da rede privada. A primeira confirmação ocorreu na noite da sexta-feira (20). Um homem de 57 anos que havia chegado de viagem a São Paulo. Ambos apresentam sintomas leves e estão em isolamento domiciliar.

A medida extra anunciada por Edivaldo neste sábado reforça as medidas de prevenção ao novo coronavírus (Covid-19) contidas no Decreto Municipal Nº 54.890, assinado na terça-feira (17), pelo prefeito Edivaldo. Entre as várias medidas contidas no decreto está a higienização extra de toda a frota de transporte urbano – São Luís foi uma das primeiras capitais a adotar a medida -, a suspensão das aulas da rede municipal, a não concessão de licenças para eventos que possam aglomerar pessoas e estabelece o Hospital da Mulher, que tem 53 leitos (43 clínicos e 10 de UTI), como a unidade municipal de referência no atendimento aos pacientes que apresentem sintomas da doença.

Edivaldo também determinou a suspensão da Feirinha São Luís e a paralisação das as atividades do Museu da Gastronomia, do Centro de Capacitação em Culinária Típica e do Centro de Atendimento ao Turista (CAT), além da readequação dos serviços e do atendimento ao público nos órgãos municipais. Todas as medidas adotadas pelo prefeito estão em consonância com o que tem sido feito nas principais cidades do Brasil e do mundo para conter o avanço da doença entre a população.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Governo do Maranhão copia São Paulo e suspende atividades comerciais e serviços não essenciais

Bares, restaurantes só poderão fornecer produtos através do sistema dellivery ou quando o cidadão vai apenas buscar o que comprou, além de outros comércios que também serão obrigados a fazer a quarentena por 15 dias. Assim como lá em São Paulo, as medidas irão funcionar a partir da data da publicação do decreto no Diário Oficial. Confira abaixo:

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Em ação coletiva, vereadores destinam R$ 3,1 milhões para combater H1N1 e COVID-19 em São Luís

Os 31 vereadores de São Luís adotaram um posicionamento coletivo e decidiram destinar ao Município, cada um, R$ 100 mil em emendas, totalizando um aporte financeiro de R$ 3,1 milhões, para novos investimentos em ações de combate e prevenção aos vírus H1N1 e COVID-19.

A iniciativa pioneira tratou-se de uma articulação feita pelo presidente da Câmara Municipal, vereador Osmar Filho (PDT), e que contou com o apoio de todos os demais parlamentares.

Na próxima terça-feira (24), durante sessão plenária ordinária, os vereadores receberão no Palácio Pedro Neiva de Santana o secretário municipal de Saúde, Lula Filho.

Na oportunidade, o auxiliar do prefeito Edivaldo, além de sugerir quais ações emergenciais são mais importantes e se apresentam, neste momento, como fundamentais para receber este investimento, também fará um balanço do trabalho desenvolvido pela Prefeitura com o objetivo de combater a proliferação dos vírus.

“O Parlamento de São Luís, mais uma vez, mostrou união e força. Todos os vereadores concordaram com a iniciativa de destinar emendas, cujos recursos serão aplicados no setor da saúde, em especial nas ações direcionadas para prevenir a proliferação da gripe H1N1 e do Novo Coronavírus. Continuaremos unidos e trabalhando pelo bem da população da nossa capital”, disse Osmar Filho.

No início desta semana, o presidente da Casa assinou resolução administrativa adotando regras e procedimentos internos na sede do Parlamento para combater o avanço do COVID-19.

As medidas vão desde a diminuição do número de sessões ordinárias, que serão realizadas somente às terças-feiras; até a restrição do acesso do público à galeria do Plenário; não realização de visitas institucionais e de eventos relacionados, ou não, com a atividade parlamentar; além da liberação de servidores e colaboradores com idade acima de 60 anos, por exemplo.

Também foi alterado o horário do funcionamento administrativo da Casa, cujos setores, a partir de segunda-feira (23), funcionarão das 8h às 14h, por exemplo.

A ação visa beneficiar parlamentares, servidores e o próprio cidadão evitando, desta forma, a aglomeração de pessoas, situação que já foi preconizada pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e Ministério da Saúde.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Urgente! Homem ocupa leito de paciente com coronavírus no Hospital Carlos Macieira

Por apresentar fortes sintomas de dificuldades respiratórias, um homem, que não teve o nome revelado, foi internado às pressas na UTI do Hospital Carlos Macieira, em São Luís.

Ele, que tem 59 anos, chegou recentemente de Minas Gerais e encontra-se ocupando um leito reservado para pessoas infectadas pelo coronavírus.   O hospital e nem a Secretaria de Saúde informaram se o homem seria o primeiro caso de Covid-19 no Maranhão.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Padre de Vitória do Mearim pode ser preso por querer facilitar o avanço do coronavírus entre os fiéis

Corajoso e desobediente às normas estabelecidas e protocolos para evitar eventos com aglomeração de mais de 50 pessoas, o pároco da Paroquia de Nossa Senhora de Nazaré, Isaac Gois da Silva, em Vitória do Mearim, decidiu de última hora, na quinta-feira (19), que fará casamento comunitário amanhã, sábado, dia 21. 

Preocupada, a prefeitura daquela cidade emitiu ofício ao pároco, mostrando todos os decretos da União, estado e município, que proíbem eventos com aglomeração para evitar a proliferação do Covid-19 neste momento de crise sanitária que passa o país.

Em outro ofício, a Prefeitura de Vitória do Mearim comunicou ao Bispo Diocesano de Viana a insubordinação do pároco, que contraria até determinações do seu superior na igreja. Para juízes consultados pelo Blog do Luis Cardoso, o padre pode ser preso se insistir em realizar o casamento comunitário.

Confira abaixo os ofícios da prefeitura:

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Famem distribuirá álcool em gel para municípios maranhenses

A Federação dos Municípios do Estado do Maranhão dá início neste sábado, 21, à distribuição de álcool em gel para todas as prefeituras. A distribuição será supervisionada pelo Comitê de Crise instalado por iniciativa do presidente Erlanio Xavier para atender às demandas dos gestores que enfrentam vários flagelos como enchentes e ameaça da pandemia do coronavírus e epidemia de H1N1. O comitê é formado por seis prefeitos, profissionais da área da saúde, e diretores da Famem. 

“Esta foi uma maneira que encontramos de atender à grande demanda deste momento de união e força dos gestores. Neste primeiro momento, este material será fundamental para essa batalha que é de todos os maranhenses, brasileiros e do mundo inteiro. É preciso que estejamos coesos na luta para conter o avanço do coronavírus. Estamos fazendo a nossa parte”, ressalta o presidente.

O material será distribuído em pelo menos três polos no estado. Além de São Luís, funcionarão outros dois polos no estado. Mais de 1,5 mil caixas de álcool em gel serão distribuídas neste primeiro momento. Um segundo lote será dá distribuído na próxima semana.

Os critérios de distribuição do material estão sendo discutidos pelo comitê. Mas é consenso que todos municípios menores irão receber quantidades compatíveis com o público atendido. O álcool em gel, em falta no mercado brasileiro, vai abastecer unidades de saúde dos municípios e agentes de saúde e de endemias que estão na linha de frente do combate ao Covid-19.

Em pelo menos 18 municípios do Maranhão, segundo boletim da Secretaria de Estado da Saúde emitido na quinta-feira, 19, existem pessoas que estão sob suspeitas de ter mantido contato com o Covid-19. Depois de São Luís, Imperatriz, Caixas e Santa Inês são os que possuem maior número de pessoas suspeitas.

Juntamente com os gestores de saúde dos municípios, a Famem estará promovendo uma campanha de orientação e estímulo a hábitos de higiene como forma mais eficaz de combater a pandemia de coronavírus no estado. O comitê estuda distribuir a partir da próxima semana kits de higiene para reforçar o combate ao Covid-19.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Coronavírus: ida ao supermercado ou farmácia exige cuidados; veja quais

A recomendação é clara: se puder, não saia de casa. Idosos, pessoas no grupo de risco (diabéticos, asmáticos, com problemas cardíacos e pacientes oncológicos) e com sintomas devem evitar mais ainda as saídas.

É bom frisar que as compras online são mais indicadas nesse momento, mas, no caso de quem está saudável e precisa ir ao mercado comprar mantimentos ou à farmácia, alguns cuidados devem ser tomados para evitar a contaminação pelo novo coronavírus.

“O mercado tem muitos produtos que vêm de várias regiões do país e passam pelas mãos de diversas pessoas. É um lugar de fácil contaminação”, diz André Ricardo Ribas Freitas, médico epidemiologista do Departamento de Vigilância em Saúde da Secretaria de Saúde de Campinas e professor na Faculdade São Leopoldo Mandic.

Um estudo publicado no periódico medRxiv revelou que o vírus pode ser detectado no ar por até 3 horas, até 4 horas em cobre, até 24 horas em papelão e de dois a três dias em plástico e aço inoxidável. Outra pesquisa, publicada no periódico Journal of Hospital Infection, mostrou que um coronavírus relacionado ao que causa Sars pode persistir até nove dias em superfícies não porosas, com aço inoxidável ou plástico.

O que fazer no mercado
Antes de tudo, escolha um horário em que o mercado provavelmente está mais vazio e prefira um perto da sua casa. No local, encare suas mãos como sempre sujas. Isso quer dizer que você deve evitar a todo custo colocá-las em seus olhos, boca ou nariz antes de lavá-las com água e sabão. Na farmácia, a mesma coisa.
“Ela pode usar uma alternativa extrema de usar uma luva descartável e tirar assim que sair do supermercado ou simplesmente lavar a mão assim que sair de lá”, sugere Freitas.
É importante também manter uma distância de, no mínimo, um metro de outro indivíduo, e na hora de pagar, evitar dinheiro e preferir cartões.

Ao chegar em casa

É aqui que os especialistas começam a dividir opiniões. Renato Kfouri, médico infectologista, primeiro secretário da SBIM (Sociedade Brasileira de Imunizações), acha um exagero limpar todos os itens comprados ao chegar em casa.

“Independentemente se o vírus vive duas, quatro, seis horas, ele só contamina pelo contato. Então, se você manter a regra de higiene básica, de lavar as mãos e os alimentos sempre, não irá se infectar”, diz. Kfouri ainda ressalta que, até onde se sabe, a comida in natura não transporta o vírus. “Não pegamos gripe comendo alguma coisa. Com a covid-19 deve ser igual”

Já Oscar Bruña-Romero, professor do Departamento de Microbiologia, Imunologia e Parasitologia da UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina), pensa diferente. Em um comunicado, ele afirmou que é preciso, sim, limpar os itens.

O professor diz para lavar os alimentos crus em água corrente e mergulhar as verduras e frutas em uma solução contendo água sanitária diluída em água. “Observe no rótulo da água sanitária a diluição ideal e o tempo necessário para deixar o alimento em imersão. Se não tiver essa informação no rótulo, busque outra marca, pois alguns produtos não devem ser utilizados em alimentos”. Depois disso, enxágue com bastante água.
Bruña-Romero também recomenda passar álcool 70% em embalagens de alimentos que serão armazenadas.

Freitas é da mesma opinião e recomenda que, ao chegar em casa, é bom tirar os sapatos e trocar a roupa. “Chegou, tira essa roupa, coloque para lavar e tome um banho”, diz. Segundo ele, as medidas devem ser drásticas. “O domicílio tem que ser um bunker, livre de coronavírus.”

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Prisco Bezerra, do Ceará, é o terceiro senador com o novo coronavírus

Agência Brasil
A assessoria do senador Prisco Bezerra (PDT-CE) anunciou, pelo Twitter, que ele está infectado pelo Covid-19. “Após apresentar sintomas semelhantes a um quadro gripal, como tosse e febre, o senador Prisco Bezerra realizou o exame para detecção do novo coronavírus e o o resultado do teste foi positivo. 

O parlamentar passa bem e, por medida de precaução, antes mesmo de conhecer o resultado já estava isolado em regime de home office”, diz a mensagem divulgada na madrugada de hoje (20) pela equipe do senador.

“Nesta sexta-feira (20), [Prisco Bezerra] participa da primeira sessão remota do Senado, onde será votado, por meio de aplicativo, o projeto de Decreto Legislativo 88/2020, que reconhece o estado de calamidade pública no país em razão do coronavírus”, acrescentou a assessoria.

Casos

Prisco Bezerra, que é suplente de Cid Gomes (PDT-CE), é o terceiro senador infectado com o Covid-19. O presidente da Casa, Davi Alcolumbre (DEM-AP), e Nelsinho Trad (PSD-MS) também tiveram teste positivo para o novo coronavírus.

Alcolumbre está isolado na Rrsidência oficial do Senado em Brasília e Trad internado em um hospital particular na capital federal.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Piauí: Secretário de Saúde confirma três casos positivos para coronavírus

Cidade Verde 

O jornalista Marcelo Magno, que está há quatro dias internado, é um dos três pacientes com exame positivo para o coronavírus. A emissora que o jornalista trabalha, a TV Clube, confirmou a informação através de plantão na noite desta quinta-feira (19). A Secretaria Estadual de Saúde anunciou que o estado registra pela primeira vez três casos com exame positivo para o Covid-19.

A Secretaria Estadual de Saúde comunicou a família de Marcelo Magno do resultado do exame na noite desta quinta e a mulher do jornalista autorizou a emissora a divulgar o resultado do exame.

Marcelo Magno teve melhora no quadro de saúde, mas continua em estado grave na UTI. Veja aqui último boletim médico

Pacientes viajaram para Rio e São Paulo

O secretário estadual de Saúde, Florentino Neto, informou que os pacientes viajaram para o Rio de Janeiro e São Paulo.

“Piauí teve três confirmações de Coronavírus. Um proveniente do RJ, outro de SP e um terceiro com transmissão no Piauí já após chegada de SP. Além dos cuidados com os pacientes, estamos adotando procedimentos do mapa dos contatos de cada um e busca ativa, para isolamento social e medidas cabíveis”, destacou Florentino Neto.

O secretário ressaltou que todos os pacientes estão em tratamento e sendo acompanhados por especialistas. “É tempo de prudência e pedimos que a população, mais do que nunca, siga todas as recomendações e medidas anunciadas pelo Governo do Estado nesta quinta-feira”, disse.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.