Reforçando o combate o novo coronavírus (Covid-19) em São Luís, o prefeito Edivaldo Holanda Junior determinou, por meio de decreto assinado nesta segunda-feira (23), que todos os órgãos públicos da administração municipal readequem sua rotina com o objetivo de evitar aglomerações de pessoas nas repartições públicas, usando o transporte coletivo e circulando na cidade.

A medida integra uma série de ações que o pedetista vem adotando para controlar o surgimento de novos casos da Covid-19 na capital. São Luís tem dois casos confirmados. Os pacientes têm sintomas leves e estão em isolamento domiciliar.

Edivaldo tem reforçado constantemente a necessidade de permanecer em casa como forma de conter o contágio da população pelo novo coronavírus já que o isolamento social é uma das principais recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS) e Ministério da Saúde.

Todos os serviços essenciais seguirão sendo executados sem prejuízos à população, no entanto, em todos os casos possíveis, os servidores atuarão no regime de teletrabalho. O atendimento presencial se restringirá aos casos estritamente necessários.

A medida reforça outras ações já em execução em São Luís. A Guarda Municipal está fiscalizando as praias para dispersar quem ainda frequenta estes locais, a Feirinha São Luís está suspensa, os serviços de limpeza urbana tiveram seus procedimentos modificados, as aulas da rede municipal estão suspensas, a frota de ônibus está recebendo higienização extra entre as viagens e licenças para eventos não estão sendo concedidas.

Na área da saúde, as férias e licenças prêmios dos servidores da saúde foram suspensas por 60 dias e o Hospital da Mulher, que tem 53 leitos (43 clínicos e 10 de UTI), foi definido como a unidade municipal de referência no atendimento aos pacientes que apresentem sintomas da doença. Novas medidas continuarão sendo tomadas nos próximos dias, conforme a necessidade.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.