Novos ônibus começam a circular na região do Coroadinho

O secretário canindé Barros acompanhou o início da circulação dos ônibus no CoroadinhoO secretário canindé Barros acompanhou o início da circulação dos ônibus no Coroadinho

Uma frota de dez novos ônibus já está circulando na região do Coroadinho. A entrada em operação da nova frota aconteceu nesta segunda-feira (16) e foi acompanhada pelo secretário municipal de Trânsito e Transportes (SMTT), Canindé Barros. A ação de substituição já aconteceu em várias regiões da cidade -Vila Luizão, Zona Rural, Cidade Olímpica, Anjo da Guarda – e segue determinação do prefeito Edivaldo, como parte do remodelamento do sistema de transporte público na capital.

Na ocasião, estiveram presentes equipes de técnicos da SMTT, representantes do Sindicato das Empresas de Transportes (SET), líderes comunitários da região e o vereador Nato Sena (PRP). Os dez novos ônibus inseridos na área do Coroadinho estão equipados com sistema de biometria facial, adaptados para pessoas com deficiência e atenderão mais de 55 mil pessoas. Eles substituem os veículos com mais de 10 anos de fabricação garantindo mais conforto e segurança aos usuários.

A renovação da frota de São Luís é uma das ações da Prefeitura que visa à melhoria do sistema de transporte de São Luís. Além do incremento de 250 ônibus novos, a SMTT está trabalhando na implantação da biometria facial, com GPS, já efetivada em 350 dos 1.100 ônibus da frota urbana.

O secretário Canindé Barros informou que até o final de abril a biometria facial estará implantada nos 1.100 ônibus da frota e a secretaria irá partir para discussão do Bilhete Único e o lançamento do edital da licitação do transporte. “Todas essas providências cumprem um objetivo, que é o de dar maior qualidade ao transporte coletivo de São Luís”, disse o secretário.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Prefeitura intensifica trabalho de prevenção e combate à dengue em São Luís

A Prefeitura de São Luís está com 330 agentes de saúde nas ruas da capital realizando diretamente o trabalho de combate à dengue. A estratégia, que visa impedir a proliferação do mosquito Aedes aegypti durante o período chuvoso, tem agora uma nova preocupação: a prevenção contra o Chikungunya, novo vírus que também é transmitido pelo mosquito Aedes aegypiti, provocando sintomas ainda mais intensos no organismo humano.

As ações de prevenção e combate à dengue e a febre Chikungunya, executadas pela Secretaria Municipal de Saúde (Semus), visam a obter este ano resultados satisfatórios como os do ano passado, quando conseguiu reduzir em 17% os casos de Dengue e em 66% o índice de registros graves da doença, somente nos primeiros dez meses de 2014.

Segundo o coordenador do Programa de Combate à Dengue na capital, Pedro Tavares, os números da última tomada de dados sobre dengue em São Luís já constatam uma redução nos casos notificados. Ele informa que de janeiro a meados de março deste ano, foram registrados 67 casos da doença. Já no mesmo período do ano passado, o número de casos notificados chegou a 192. “Analisando esses dados, já podemos verificar que houve uma diminuição significativa nas ocorrências”, disse Tavares.

O compromisso da Prefeitura em combater a doença habilitou São Luís a ser oficializada pelo Ministério da Saúde como uma das 10 cidades brasileiras que serão referência no Plano de Contingência de Estudo para o Controle da Dengue. De acordo com Pedro Tavares, a capital maranhense já registrou em anos passados índices de infestação predial do mosquito Aedes aegypiti chegando a 12%. Hoje, esse número é 1%, conforme relatório do Ministério da Saúde, um patamar de médio risco considerado satisfatório pelo MS. (de 0 a 0,9 é baixo risco; de 0,1 a 3,9 é médio risco; acima de 3,9 o índice indica alto risco de infestação).

“Mesmo com essa significativa redução, não baixamos a guarda e a nossa meta é reduzir ainda mais o índice de infestação”, enfatizou o coordenador.

A vigilância permanente é uma determinação do prefeito Edivaldo, para que sejam mantidas as ações positivas que deram resultados satisfatórios no ano passado, quanto ao controle da dengue na cidade, e incentivar à comunidade a tomar os cuidados necessários, como a remoção de objetos sem utilidade dos quintais.

Uma das ações que fazem parte da estratégia de controle da doença em São Luís é a Operação “Bota Fora”, que consiste no recolhimento de volumosos acumulados em fundos de quintais, materiais sem serventia potenciais criadouros do mosquito Aedes Aegypti, transmissor da doença. Além disso, os agentes visitam locais que apresentem possíveis focos, fazendo o tratamento focal e levando orientações à população. A ação é realizada em parceria com a Secretaria de Obras e Serviços Públicos (Semosp).

A programação do Bota Fora segue um cronograma de cobertura para atender todos os bairros da capital. Nesta sexta-feira (13), a ação aconteceu nas vilas Alexandra Tavares e Cotia. Nos próximos dias, a Operação Bota Fora chega aos bairros Pontal da Ilha (17); São Cristovão (18 e 19); Vila Funil (24); Vila Itamar (25); Recanto Verde (26); Vila Esperança (31); Vila Sarney, Vila Industrial e Primavera (01/04); Jaracati (07/04); São Francisco de Cima (08/04); São Francisco de Baixo (09/04); Ilhinha e Ana Jansen (14/04); Sacavém (15/04); Bom Jesus (16 e 17/04); Vila Conceição/Coroadinho(22/04); Coroadinho (23 e 24/04); Coheb Sacavém(28/04).

Outra importante ação executada pela Semus é a vistoria em cemitérios, sucatas, ferros velhos e borracharias, onde são avaliadas as condições de armazenamento dos pneus. O carro-fumacê também segue programação regular de borrifação de inseticida nos bairros da capital.

As visitas domiciliares são o grande carro-chefe do programa de combate à doença em São Luís, para detecção de focos e criadouros do Aedes Aegypti, orientação aos moradores e a prevenção do problema. São realizadas em média de 800 a mil visitas por mês a residências, onde também são repassadas informações sobre as formas de prevenção da doença.

Além das operações específicas de combate à proliferação do mosquito, a Semus desenvolve ainda o Programa de Educação em Saúde, nas escolas públicas e particulares, por meio de palestras para conscientização dos alunos a respeito das formas de prevenção e como cada um pode fazer a sua parte para evitar o problema.

A residência da dona de casa, Elizângela Mafra dos Santos, 41 anos, foi uma das que foram visitadas nesta sexta-feira pelos agentes de saúde, no bairro João Paulo. “Eu sempre recebo bem os agentes porque sei que é um trabalho muito importante para evitarmos essa doença”, disse.

O almoxarife Guilherme Mendes, 32 anos, compartilha da opinião. “É importante permitir a entrada dos agentes, porque quem resiste ao trabalho dos profissionais no combate à dengue não está prejudicando apenas a si mesmo, mas a todos os moradores a sua volta”, disse ele.

Para a técnica de enfermagem, Léia Azevedo, 42 anos, o trabalho de combate a dengue feito nos domicílios ajudou sua família a compreender melhor como evitar o problema. “Eu sigo agora todas as orientações dos agentes. Meu quintal está sempre limpo e sem recipientes que possam acumular água parada”, relatou.

DIA D DE MOBILIZAÇÃO

No início de fevereiro, a Prefeitura realizou o Dia D de mobilização para controle da Dengue e Febre Chikungunya, conforme orientação do Ministério da Saúde. O evento teve concentração na Praça Deodoro e na Cidade Olímpica, além de atividades nos sete distritos da cidade (Centro, Coroadinho, Cohab, Bequimão,Tirirical, Vila Esperança e Itaqui-Bacanga).

Além de visita de agentes a residências para identificar possíveis criadouros do mosquito, fizeram parte das ações panfletagem nos Terminais de Integração e orientação sobre a prevenção da dengue e da febre chikungunya.

Para acessar a galeria de imagens desta reportagem, clique aqui.

Operação “Bota Fora”

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Por motivos passionais, enfermeira recorre ao suicídio dentro de banheiro de hospital

Uma técnica em enfermagem foi encontrada morta, na madrugada desta sexta-feira (13), dentro do banheiro do Hospital UDI, localizado no bairro Jaracati, em São Luís.

O corpo foi achado por um colega de plantão, no banheiro do repouso no 2º andar da UTI, setor em que trabalhava.

A jovem de aproximadamente 30 anos, identificada como Laydaiana teria aplicado uma dose do sedativo Fentanil na veia e em seguida teve uma parada cardio respiratória. Esta é uma medicação similar a morfina, de fácil acesso aos anestesiologistas dentro das áreas cirúrgicas.

De acordo com informações extraoficiais, obtidas pelo Blog do Luis Cardoso, a vítima teve motivos passionais para recorrer ao suicídio. Laydaiana teria sofrido uma traição amorosa.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Novos ônibus passam a circular na área Itaqui-Bacanga

ONIBUSA comunidade da área Itaqui-Bacanga passou a contar a partir desta segunda-feira (9) com novos 20 ônibus da frota disponibilizada para a região. Os coletivos, que começaram a circular desde as primeiras horas da manhã, fazem parte da frota entregue pelo prefeito Edivaldo, no último dia 20, e que já estão rodando também na Vila Luizão, Cidade Olímpica e bairros da zona rural de São Luís. Até próxima quarta-feira (11), todos os novos veículos estarão nas ruas, beneficiando mais de 250 mil usuários que utilizam o sistema de transporte da capital.

Com a entrada em circulação da nova frota, a Prefeitura reitera o compromisso de reestruturar e melhorar o sistema de transporte público da capital. Os novos ônibus substituem os veículos com mais de 10 anos de fabricação, garantindo mais conforto e segurança aos usuários.

O secretário municipal de Trânsito e Transportes (SMTT), Canindé Barros, acompanhou o início da operacionalização da nova frota que atuará na área Itaqui-Bacanga.

“Com a distribuição desses 20 novos ônibus, os moradores da região de bairros da área Itaqui-Bacanga vão dispor de veículos mais confortáveis em substituição a uma frota envelhecida. Com isso, o prefeito Edivaldo atende a uma demanda antiga da região por melhorias no transporte público. Todos são veículos adaptados e com biometria facial, com condições de acessibilidade a todas as pessoas e com um sistema de combate à fraude”, explica Canindé.

Nesta terça-feira (10), começam a circular também os novos coletivos no Parque Vitória e na região do Ipem-Turu. O secretário destacou que além do incremento de 250 ônibus novos, a SMTT está trabalhando na implantação da biometria facial, com GPS, já efetivada em 350 dos 1.100 ônibus da frota urbana.

O soldador Ludimilson Pereira, 31 anos, morador do Anjo da Guarda, disse que com os novos veículos circulando no bairro, o tempo dos usuários nas paradas de ônibus vai reduzir bastante, principalmente nos horários de pico. “Com certeza vamos perceber na prática a melhoria proporcionada com os coletivos”, disse.

A aposentada Madalena Costa Banhos, 71 anos, também moradora do Anjo da Guarda, vê a medida como uma iniciativa louvável. “Nossa área é muito populosa e estava precisando mesmo que alguma ação fosse adotada, porque muitas vezes nos obrigamos a pegar os ‘carrinhos’ para nos deslocarmos”, frisou a aposentada.

Já a estudante Sara Santos, 16 anos, acredita que agora chegará com mais pontualidade na escola. “Demoramos muito nos pontos de ônibus. Agora, acho que vai nos ajudar bastante”, disse.

Além desses bairros onde os novos ônibus já estão circulando, os coletivos vão atender, diretamente, linhas para os bairros da Santa Rosa, Circular 1 e 2, Habitacional Turu, Forquilha, Residencial Primavera, Chácara Brasil, Olho D’Água, Ipem Turu, Santa Clara, Recanto dos Pássaros, Bairro de Fátima, Vila dos Nobres, Coroadinho, Coheb/Sacavém, Parque Timbira, Jardim Tropical/São Francisco, Divineia, Sol e Mar, Popular Ipase, Vila Itamar, Socorrão 2, São Raimundo, Vila José Reinaldo Tavares, Cidade Olímpica, Vila Cascavel, Santa Bárbara, Vila Embratel, Parque Vitória, Anjo da Guarda, São Bernardo, Quebra Pote, Cidade Operária, Arraial e São Francisco.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Ruas intrafegáveis no Bairro de Fátima

Moradores da Rua Dom Pedro II no Bairro de Fátima estão sem poder sair de suas casas para irem ao trabalho pois quando chove o local fica completamente intrafegável.

Como se não bastasse as péssimas condições da via, a rede de esgoto está estourada.

A comunidade pede providências por parte da Prefeitura de São Luís.

Veja abaixo como está a situação no local.

rua 2

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Doze novos ônibus coletivos são entregues à Vila Luizão

O bairro da Vila Luizão, na região do Turu, recebeu na última sexta-feira (6) 12 ônibus que farão integração Luizão/Cohab – Luizão/ Praia Grande. Os coletivos foram entregues pelo secretário de transporte de São Luís, Canindé Barros e pelo vereador e vice-líder do governo na câmara, Ivaldo Rodrigues (PDT). Durante a solenidade de entrega, dezenas de lideranças do bairro, estiveram presentes.

Antes da entrega dos coletivos, Ivaldo Rodrigues reuniu em sua residência, várias lideranças do bairro em um café da manhã, inclusive o Pastor Claudio Fontinele, da Igreja Batista Filadélfia do Olho Dágua, que fez uma oração agradecendo a Deus por mais uma conquista do povo da Luizão. Na leitura da bíblia, o pastor pegou uma passagem de Tiago 1:17 – Toda boa dádiva e todo Dom perfeito, vem do alto descendo do pai das luzes, em quem não há mudanças e nem sobra de variação. Esse versículo o pastor se referiu ao vereador Ivaldo Rodrigues, que luta com boa vontade 24 horas pelo seu povo.

Após o café da manhã, Ivaldo Rodrigues saiu de casa com suas lideranças em caminhada até o ponto final dos ônibus, onde foi feita a entrega dos 12 novos coletivos. “A entrega está sendo feita agora e daqui mesmo, os ônibus já saem direto para as integrações. Se tiver passageiros, já vão daqui. Os coletivos estão prontos e já começam a rodar a partir de agora” – destacou Canindé Barros.

Já Ivaldo Rodrigues foi categórico, ao falar da importância desses coletivos para o bairro. “Sonhávamos com este momento, agora é uma realidade. Quero agradecer ao prefeito Edivaldo Holanda Júnior, o secretário Canindé, mas principalmente a Deus, pela força e coragem que tem me dado para lutar por esta comunidade que sempre mereceu dias melhores. Esta luta não é só minha, é também de toda comunidade que sempre esteve comigo em todas as horas” disse o vereador pedetista, vice-líder do governo na Câmara.

Na próxima terça feira (10) a tarde, os bairro Divinéia e Santa Rosa, serão os beneficiados e receberão do secretário Canindé, mais 12 coletivos. A solenidade está marcada para as 15h. Aos poucos estamos avançando e vamos chegar ao objetivo final, se Deus quiser – Disse Ivaldo Rodrigues.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Participação popular tem espaço garantido no Projeto ‘Fala São Luís’

Um novo projeto será lançado no início da noite do próximo sábado (7), no Viva Liberdade: o ‘Fala São Luís’.

A iniciativa do vereador Honorato Fernandes tem como objetivo incentivar a participação popular e mobilizar as comunidades da capital para que tenham o entendimento do seu papel, identificando a importância do processo de conscientização política.

“Esse é um tema que identificamos desde a campanha de 2012, quando sentimos a necessidade de mobilização e participação efetiva da população na busca da garantia de seus direitos constitucionais e históricos muitas vezes negados, em parte ou em sua totalidade”, explica o vereador.

Entre as ações estão os encontros nas comunidades e a criação do portal chamado Fala São Luís, para potencializar o uso das redes sociais como ferramenta de divulgação de temas e informações importantes. O portal também será utilizado como um espaço para que a população possa encaminhar suas sugestões e reivindicações. O canal também disponibiliza um contato no Whatsapp: 987101344 e também pode ser acessando pelo Facebook.

O Fala São Luís também acontecerá em vários territórios da Ilha, mas a escolha da Liberdade para ser o piloto da pesquisa e o lançamento do projeto se deu pelo fato de que tem sido uma área estigmatizada como um bairro extremamente violento.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Não! O Chinelo de Dedo não fechará as portas

Nota de Esclarecimento

A direção do Chinelo de Dedo vem a público informar que a decisão judicial que determina a interrupção das nossas atividades, proferida pelo Tribunal de Justiça do Estado do Maranhão, não é definitiva e contra ela já foi interposto o recurso cabível.

Dessa forma, enquanto a aludida decisão permanecer sub júdice, a casa continuará em normal funcionamento, inclusive com a realização dos eventos deste fim de semana.

Em relação a noticia veiculada pela imprensa e pelo TJ , esclarecemos que :

1) A relação com os moradores da vizinhança da Avenida Joaquim Mochel é pautada pelos princípios da cordialidade e respeito.

2) Temos em mãos TODAS as licenças de funcionamento expedidas pelos órgãos competentes (Alvará Municipal, Atestado Sanitário, Certificado de Vistoria do Corpo de Bombeiros, Autorização Anual da Delegacia de Costumes, Laudo de Emissão de ruído da Secretaria Estadual do Meio Ambiente, entre outros).

3) Juntamos ao processo medições sonoras oficiais que demonstram que não extrapolamos os parâmetros legais.

4) Em todas as operações destinadas a esse fim, a casa sempre foi aprovada.

Respeitamos o direito de agir dos demandantes, mas fizemos uso do nosso também legítimo direito de recorrer da decisão, e enquanto ela não for definitiva, a casa seguirá com a animação e o respeito ao público que sempre a caracterizou.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Via Expressa começa a desmoronar e tem engarrafamentos

Bem antes do previsto, a recém-inaugurada Via Expressa apresentou sua primeira falha na primeira chuva mais duradoura que caiu durante o dia de ontem na capital. São pontos de rachaduras e ameaças de crateras que começaram a aparecer.

Um dos mais críticos, na altura dos fundos da Caema, e outros trechos causaram na manha desta segunda-feira, dia 02 de março, um enorme engarrafamento desde cedo desta manhã, que já chegou até ao Shopping da Ilha.

Do outro lado da cidade, na Avenida do Araçagi, que estava sendo duplicada, o trecho nas proximidades da Vila Luizão rompeu, formando uma enorme cratera, ao ponto de quase engolir um ônibus nesta madrugada (veja abaixo). Naquele local o engarrafamento continua horrível.

IMG-20150302-WA0033

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Prefeitura de São Luís é destaque nacional na execução do programa Minha Casa, Minha Vida

Até o momento, já foram contratadas 26.830 unidades habitacionaisAté o momento, já foram contratadas 26.830 unidades habitacionais

A Prefeitura de São Luís participou esta semana, em Brasília, da oficina “Interface Minha Casa Minha Vida, um novo modelo para gerenciamento do programa”, por meio de representantes da Secretaria Municipal de Urbanismo e Habitação (Semurh) e da Secretaria Municipal da Criança e Assistência Social (Semcas). Outras 17 capitais do Brasil também participaram do encontro.

A Prefeitura se destacou no evento em função do número de contratações realizadas no Programa “Minha Casa, Minha Vida” para atendimento de famílias com renda de zero a três salários mínimos. Até o momento, já foram contratadas 26.830 unidades habitacionais.

“O volume de contratações realizadas pela Prefeitura de São Luís se deve à agilidade que temos durante o processo, uma das determinações do prefeito Edivaldo para nortear o programa e também a parceria entre Semurh e Semcas. A Habitação não tomou a frente do trabalho de forma isolada e nem a Assistência Social trabalhou sozinha. É um casamento que está dando certo”, pontuou Diogo Diniz Lima, secretário de Urbanismo e Habitação.

Segundo o secretário, o corpo de técnicos da Semurh que trabalham na contratação dos empreendimentos, ao contratar um empreendimento novo, tem olhar social mais apurado,o que significa que nenhum empreendimento é contratado sem que tenham equipamentos de educação, saúde, lazer.

No final do ano de 2014, a Prefeitura realizou o sorteio de endereço dos residenciais Ribeira, com três mil unidades, Santo Antônio com 720 unidades, e Luiz Bacelar, com 500 unidades, os quais serão entregues ainda no primeiro semestre 2015. Em dezembro de 2014, aconteceu também a entrega de 496 apartamentos dos Residenciais Piancó VII e VIII. Os residenciais Piancó de 1 a 6 estão em fase de obras, com previsão de entrega ainda em 2015.

Hoje, a Prefeitura trabalha na realização de mais um novo sorteio, com previsão para acontecer ainda neste semestre. “Nesta gestão, a Prefeitura está desempenhando o papel de amenizar o déficit habitacional em São Luís, garantindo o direito de cidadania às pessoas que aqui residem. Hoje temos o resultado positivo quando vamos aos empreendimentos e observamos famílias que antes residiam em moradias indignas, e passaram a ter a dignidade de ter seu apartamento, sua casa, sua habitação de forma salubre”, declarou Diogo Lima.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Prefeitura intensifica fiscalização ambiental em São Luís

Plano de Fiscalização Ambiental da Cidade pretende ampliar o número de vistorias da Semmam em toda capitalPlano de Fiscalização Ambiental da Cidade pretende ampliar o número de vistorias da Semmam em toda capital

A Prefeitura de São Luís, através da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semmam), vai intensificar as ações nas áreas de controle e fiscalização ambiental. O órgão tem trabalhado na elaboração de um Plano de Fiscalização Ambiental da Cidade, que será apresentado ao Conselho Municipal de Meio Ambiente (Comuma) na próxima sexta-feira (27). O plano pretende ampliar o número de vistorias da Semmam em toda capital.

Segundo o secretário municipal de Meio Ambiente, Marco Aurélio Ayres Diniz, um dos destaques nas ações de fiscalização é a participação de agentes do Grupamento de Policiamento Ambiental (GPA) da Guarda Municipal de São Luís. Recentemente, o GPA passou por um treinamento sobre fiscalização ambiental promovido pela Prefeitura, por meio de parceria entre a Semmam e a Secretaria de Segurança com Cidadania (Semusc).

“Com o GPA auxiliando nas atividades de fiscalização, vamos ampliar consideravelmente as vistorias e o controle ambiental, tanto na zona urbana como na zona rural de São Luís”, destaca Marco Diniz. As inspeções antes aconteciam por denúncias oriundas do Ministério Público, denúncias anônimas ou avaliações internas, e por meio das fiscalizações de rotina em áreas de conservação, fiscalização dos planos de resíduos de construção civil e fiscalização no Distrito Industrial.

A Semmam realiza as fiscalizações de forma preventiva e educativa. As fiscalizações preventivas vêm sendo colocadas em prática nas áreas de preservação do Rio Jaguarema, Parque do Bom Menino, futuro Parque do Diamante, Parque do Rio das Bicas, Itaqui-Bacanga. Em todos os locais citados, as vistorias estão sendo acompanhadas por fiscais da Secretaria e do GPA.

“Estamos fortalecendo a fiscalização em todas as áreas”, afirma o secretário do Meio Ambiente. Exemplo disso é que, além de trabalhar com o mapeamento por infrações cometidas, a Prefeitura também amplia o combate, na zona rural, dos lixões clandestinos. Nos próximos dias, a Semmam começará a fiscalizar e a multar os transportadores de resíduos para esses locais.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Prefeitura nomeia novo comandante da Guarda Municipal‏

Comandante Mota já compunha o quadro da Guarda Municipal. Nomeação reforça a política de valorização do servidorComandante Mota já compunha o quadro da Guarda Municipal. Nomeação reforça a política de valorização do servidor

Pela primeira vez em São Luís, o comando da Guarda Municipal, órgão ligado a Secretaria Municipal de Segurança com Cidadania (Semusc), será executado por um membro efetivo do quadro de carreira do órgão. O guarda municipal Ivonaldo Mota Silva substitui George Bezerra nos papeis de Comandante da Guarda Municipal e de Secretário Adjunto da Semusc.

Com a decisão inédita na capital maranhense, o prefeito Edivaldo antecipa o Município ao cumprimento de uma norma nacional com início previsto para julho de 2015. A lei federal nº 13.022/2014 do Estatuto Geral das Guardas Municipais prevê que o cargo seja ocupado apenas por guardas municipais de carreira.

“O prefeito Edivaldo resolveu antecipar essa mudança na Guarda Municipal. Teremos uma guarda mais atuante, que promoverá ainda mais segurança nos locais de atuação dos grupamentos. Assim como melhorar o trabalho em equipe liderado pelo comandante”, frisou o secretário da Semusc, Breno Galdino.

O Comandante Mota já começou a atuar na nova função e iniciou um mapeamento nos terminais de integração, no Parque do Bom Menino e nos postos de guarda-vidas. O objetivo é fazer um levantamento da situação atual da guarda e das melhorias que precisam ser aplicadas.

De acordo com o novo comandante, uma das metas prioritárias é o estabelecimento de parcerias e convênios com cursos profissionalizantes para melhor preparar os guardas. “Iremos firmar parcerias com a Secretaria Nacional de Segurança Pública para que todo o corpo da Guarda Municipal atue como operador da segurança pública da capital. Além disso, vamos reforçar as operações de segurança da Guarda Municipal para garantir mais tranquilidade a toda população”, ressaltou Mota.

Perfil

Integrante da Guarda Municipal desde 2007, Mota compunha o Grupamento de Patrimônio e Operações – GPO, passando pelo setor do Centro de Ensino. Em 2013, ele assumiu a função de Instrutor de Armamento e Tiro. Ele também já integrou o Exército Brasileiro, onde foi o único oficial do Exército temporário a comandar a Companhia de Subunidade de Operações Especiais em 2001.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.