De Imperatriz chega a informação da ocorrência de um fato inédito na histórica Associação Comercial e Industrial (ACII) daquela importante cidade do Maranhão: o uso do cargo para promoção pessoal e política por parte do atual presidente, Guilherme Maia.

Esse comportamento do presidente estaria incomodando os associados mais conservadores que preferem uma entidade mais voltada para a política empresarial.

Num acordo interno, Maia teria só um mandato mas gostou tanto do cargo que deixou o dito acordo de lado e anuncia-se como candidato à reeleição. No cargo, o presidente, conforme um associado que pede o anonimato, se aproximou demasiadamente do PC do B do governador Flávio Dino, sem esquecer também do prefeito Assis. “ Tá cavando pra ser vice ou do atual prefeito, que é candidato à reeleição, ou do deputado Marco Aurélio, candidato dos comunistas” comentou a fonte.

O comportamento do presidente Guilherme Maia, conforme a mesma fonte, foge da tradição da Associação Comercial de o presidente como tal assumir visivelmente uma posição político partidária. A regra tem sido uma relação institucional, isenta, sem lado. “ Cada um pode ter seu lado mas sem envolver o nome da entidade” destacou a fonte.

Um indicativo, ou prova apontada, por alguns associados do uso da entidade para promoção pessoal do presidente é um encarte publicitário que deve ser distribuído com a desculpa de prestar conta do mandato, mas que na verdade gira em torno da figura do presidente. “ Isso é muito ruim para imagem da entidade, isso nunca aconteceu antes” comentou outro associado que também pediu para não ser identificado e concluiu dizendo: “ Se ele quer fazer carreira política que deixe o cargo, e o faça fora da Associação Comercial.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.