Plantas frutíferas e arbóreas foram plantadas nas unidades de Educação Básica Pastor Estevan Ângelo e Jackson Lago

A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed) e do Instituto Municipal da Paisagem Urbana (Impur), retomou na última semana as ações do projeto “Jardim da minha escola”. O projeto visa ao desenvolvimento de ações pedagógicas conjuntas que possam contribuir para a conscientização em relação ao meio ambiente e o paisagismo, possibilitando a crianças e adolescentes o contato contínuo com a natureza. A ação tem ainda o envolvimento da Secretaria de Municipal de Meio Ambiente e do Comitê Gestor de Limpeza Pública. 

Por meio do Projeto Jardima da Minha Escola, crianças participaram do plantio de mudas em escolas da rede municipal

Participaram da solenidade de retomada do projeto “Jardim da minha escola”, o titular da mSemed, Moacir Feitosa, e o presidente do Impur, Luiz Carlos Borralho e a secretária de Meio Ambiente, Maluda Fialho, que foram recebidos com festa pelos estudantes e servidores das escolas. “Nossa meta é termos pelo menos 90% das escolas públicas municipais com jardins, hortas, plantas medicinais e árvores frutíferas. Já temos o projeto implantado em algumas escolas, como é o caso da creche Maria de Jesus Carvalho, na Camboa, e da U.E.B. Alberto Pinheiro, no Centro. Este é um projeto pedagógico da gestão do prefeito Edivaldo que, além da Educação Ambiental, visa garantir um reforço na merenda escolar”, destaca o secretário Moacir Feitosa.

Cerca de 250 mudas de plantas frutíferas e arbóreas foram plantadas nas unidades de Educação Básica Pastor Estevan Ângelo e Jackson Lago, ambas do Núcleo Cidade Operária. Pitanga, acerola, abacate, manga, caju e saputi estão entre as árvores frutíferas plantadas pelas crianças da unidade de Educação Infantil Pastor Estevan Ângelo e pelos estudantes da U.E.B. de Ensino Fundamental Jackson Lago. Entre as mudas arbóreas plantadas estão pés de Jacarandá e Ipê amarelo, roxo e rosa.

Segundo o engenheiro agrônomo do Impur, Jonas Monroe, foram plantadas cerca de 117 mudas na Pastor Estevan Ângelo e mais 40 na Jackson Lago. Além do plantio, o Impur e a Semed vão prestar assistência no que diz respeito ao manejo, podas, adubações, limpezas e irrigações, quando necessário, e também à realização de oficinas, não só para os estudantes, como também para as famílias da comunidade, para que esta ação educativa possa se estender para toda a região onde a escola está inserida.

O projeto permite que as crianças ampliem o contato com a natureza e atentem para a preservação do meio ambiente

A professora Edna Maria Cabral Silva, gestora da U.E.B. Pastor Estevan Ângelo, diz que o trabalho de plantio e cuidado das árvores é muito significativo para as crianças e adolescentes, para que possam conhecer na prática as diversas espécies de plantas e compreender a importância da preservação do meio ambiente, que reflete na conservação da vida na Terra. Não só a escola sai ganhando como as famílias e toda a comunidade que está envolvida neste projeto. “Parabéns à Prefeitura e a todos os órgãos envolvidos neste grande projeto”, destaca Edna Maria.

Emilly Leandra Bogéa, de 5 anos, do Infantil II na U.E.B. Pastor Estevan Ângelo, diz que adorou plantar mudas na escola. Ela conta que já plantou melancia no quintal de casa com sua mãe e que gosta de brincar com areia e de outras brincadeiras na natureza. “É muito legal, eu me divirto bastante. E aqui na escola também foi muito bom”, diz Emilly Leandra. Ludimilla de Assis Freitas, 12 anos, do 6° ano na U.E.B. Jackson Lago, reforça que cuidar das plantas deve ser uma obrigação de todas as pessoas. “Significa preservar o que é nosso. Sei que a minha escola vai ficar muito mais bonita agora com este projeto Jardim da minha escola”, conta.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.