A Polícia Civil do Maranhão prendeu ontem Darenilson Alves Freitas, 33 anos, que estava vivendo maritalmente com uma  menor de 12 anos. Ele confessou que foi o primeiro homem da vítima e que viviam como casal. Pelas regras, manter relações sexuais com menor de até 14 anos, é crime de vulnerável, ainda que seja consentido.

A menor foi entregue para a família e o estuprador levado para a Delegacia da Raposa, mas deve ser encaminhado amanhã para o centro de triagem de Pedrinhas. Darenilson Alves Freitas tem passagens por delegacias da Raposa, São José de Ribamar e São Luís.

Darenilson foi encontrado pelos policiais no Porto da Pesqueira, em Raposa, na companhia da criança, com quem afirmou conviver maritalmente.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.