Assaltantes invadem casa de empresária e acabam mortos em confronto com policiais no Maranhão

    Dois assaltantes morreram em confronto com policiais militares nesta sexta-feira (5) na cidade de Chapadinha, no Maranhão.

    Foto Reprodução

    A dupla invadiu a casa de uma empresária, que não teve o nome divulgado, localizada no bairro Corrente, no intuito de roubar joias, pertences e dinheiro das vitimas que foram feitas reféns pelos marginais armados.

    Ocorre que um dos moradores da casa conseguiu acionar a polícia que rapidamente chegou ao local. Houve troca de tiros entre militares e assaltantes, que acabaram sendo baleados e foram a óbito.

    Nenhuma das vítimas e nenhum dos policiais que estavam na operação ficou ferido.

    Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

    Bombeiros resgatam homem que caiu em poço no interior do Estado; acompanhe as imagens

    Um homem, que não teve o nome divulgado e com sinais de embriaguez, caiu em um poço de aproximadamente 10 metros de profundidade no bairro Areal, no município de Chapadinha, no Maranhão.

    A vítima foi resgatada com vida

    Equipes do Corpo de Bombeiros e SAMU foram acionados para atenderem a ocorrência.

    A vítima foi resgatada com fraturas e encaminhada para o hospital.

    Confira abaixo imagens do resgate.

    Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

    Prefeita Belezinha é alvo de inquérito civil no Ministério Público do Maranhão

    O Ministério Público do Maranhão, através da Promotoria de Justiça de Chapadinha, considerou denúncia encaminhada pela Vereadora Mônica Carneiro contra a chefe do Executivo Municipal, Dulcilene Pontes, a prefeita Belezinha. 

    Prefeita Dulcilene Belezinha

    De acordo com a denúncia, carros de empresa de familiares da gestora municipal têm sido vistos fornecendo material de construção às obras do patrimônio público de Chapadinha, sobretudo aquelas relacionadas à reforma de escolas públicas que sugerem possíveis irregularidades na execução dos contratos firmados pelo Município.

    Diante das possíveis ilegalidades, a titular da Promotoria de Chapadinha, Ilma de Paiva Pereira, solicitou “apuração na contratação e execução das reformas das escolas públicas da cidade procurando investigar as circunstâncias e a legalidade do suposto fornecimento de material de construção nos canteiros das referidas obras por empresas ligadas à gestora municipal”.

    A representante do MPMA determinou a expedição de ofício para a prefeita Belezinha e para a Secretária Municipal de Educação de Chapadinha, Nara Macêdo, requisitando informações sobre as contratações relativas aos processos de licitação das obras em questão referentes aos exercícios de 2021 e 2022.

    O Ministério Público solicitou ainda, junto à Secretaria de Fazenda, informações a cerca da movimentação de notas fiscais entre a empresa que está sendo investigada e aquelas relacionadas em licitações pelo Município.

    Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.