Concluída hoje a contagem do que foi encontrado desde ontem em poder de assaltantes em uma carreta na cidade de Santa Luzia do Paruá (R$ 45 milhões) e mais os pacotes em mãos de aproveitadores (R$ 5 milhões), os outros R$ 50 milhões continuam em poder dos que ainda não foram presos. 

Conforme informações de alguns policiais que participam da operação para prender o bando desde o assalto a um centro distribuidor do Banco do Brasil em Bacabal, no dia 25 de novembro (domingo), os bandidos roubaram R$ 100 milhões, números divulgados até hoje pela imprensa.

Com operação exitosa dos policiais das regiões do Gurupi e Alto Turi, que resultou na troca de tiros e morte de três bandidos e mais quatro baleados e prisão de sete, o secretário de Segurança Pública, delegado Jefferson Portela acredita que ainda existem mais gente foragida. Foi ele quem estimou a participação de 30 a 35 bandidos no assalto ao BB.

A ação de ontem dos militares foi cirúrgica na cidade de Santa Luzia do Paruá, mas há que se reconhecer a inteligência do pessoal do CTA que retirou suas viaturas terrestres e recolheu o helicóptero, dando a entender o final da operação de busca aos bandidos.

Foi o suficiente para que parte dos assaltantes saísse da toca em uma carreta alugada por R$ 300 mil para fazer o resgate de parte dos bandidos e do dinheiro.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.