Por O Antagonista

Em entrevista ao Papo Antagonista, o presidente do Conselho Nacional dos Secretários de Saúde (Conass), Carlos Lula, confirmou que pelo menos 6 mil pessoas com Covid esperam por um leito de UTI.

“Estamos perdendo gente na fila. Gente que não teve capacidade sequer de lutar por sua vida. Porque ele precisa de um leito de UTI e não vai ter. Tudo isso por conta de uma enorme descoordenação. A gente está colhendo hoje o que plantamos lá atrás”, disse Lula.

“Nós rejeitamos vacinas. Discutimos cláusulas contratuais que agora estamos assinando. Ficamos para trás ao apostar em apenas uma vacina, quando todo o mundo apostou em várias vacinas. Tínhamos tudo para ser um dos primeiros países do mundo na vacinação (contra Covid). Temos um programa de imunização forte, com mais de 30 mil salas prontas para aplicar vacinas. Mas essa estrutura está subutilizada”, emendou o secretário de saúde.

Ainda sobre a vacinação contra Covid, Lula afirmou que, pelo número limitado de doses, existem cidades no interior do Brasil que recebem 10, 20 ou 30 doses de vacinas por remessa. “Então, temos que aplicar uma logística enorme para enviar 20 a 30 doses na cidade. É um absurdo, mas é o que está acontecendo”, disse Lula.

Apesar disso, a vacinação, na visão dele, já começa a dar resultado. “Com a circulação das novas cepas, tem muito jovem acometido com a doença. Então fica aquela sensação de que a vacinação não está dando conta. Mas está. Só que como ela é muito lenta”, ressaltou.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.