Gilvan André Cardoso, de 62 anos, foi encontrado morto dentro da caminhonete que dirigia no fundo do Rio Tocantins. O veículo caiu da balsa, depois que ele acelerou dentro da embarcação durante a travessia de São Miguel do Tocantins para o Maranhão. O corpo da vítima foi encontrado durante as buscas feitas por equipes dos Bombeiros e da Marinha.

Foto Reprodução: G1 Tocantins

Conforme informou o G1 TO, a Polícia Militar do Tocantins informou que foi chamada na tarde deste domingo (16), por volta das 14h60, após um afogamento no rio Tocantins. Os militares chegaram ao local e encontraram as equipes fazendo buscas na região.

Uma testemunha contou que a vítima estava dentro da caminhonete parada sobre a balsa, ainda do lado do Tocantins, aguardando a travessia para o Maranhão. Em determinado momento, por motivo desconhecido, o carro acelerou e caiu no Rio Tocantins.

Um dos condutores da balsa ainda pulou no rio na tentativa de salvar o motorista, mas não conseguiu. O carro acabou sendo arrastado pelo rio e a vítima só foi retirada por volta das 21h30, após trabalho conjunto das equipes dos bombeiros do Maranhão e do Tocantins.

Os bombeiros do Tocantins informaram que foram 4h de buscas e a caminhonete foi localizada a uma profundidade de oito metros, com a vítima dentro do veículo, presa ao cinto de segurança. Após ser retirada pelos mergulhadores, o corpo foi levado para o IML de Imperatriz (MA).

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.