Entre os investimentos estão reforma de unidades de saúde, aquisição de veículos, ambulâncias e novos equipamentos hospitalares, entre outras ações; o anúncio foi feito durante o seminário Gestão de Resultados na Saúde de São Luís

O prefeito Edivaldo Holanda Junior anunciou nesta terça-feira (20) um grande pacote de investimentos para a área da saúde. O anúncio foi realizado durante o seminário Gestão de Resultados na Saúde de São Luís, organizado pela Secretaria Municipal de Saúde para apresentar os avanços já alcançados na rede municipal e pontuar como a gestão vem superando problemas históricos com modernização e humanização. O pacote anunciado pelo prefeito Edivaldo, que se soma às iniciativas já desenvolvidas, inclui reforma de unidades de saúde, aquisição de veículos, ambulâncias e novos equipamentos, entre outros investimentos. Na ocasião, o gestor municipal destacou que dará ordem de serviço para início das obras.

“Na nossa gestão olhamos para aqueles que mais precisam e buscamos, todos os dias, com muito trabalho, fazer o melhor por eles. Tenho a alegria de ter ao meu lado uma equipe comprometida, por isso agradeço a todos que contribuem para que possamos fazer de São Luís uma cidade cada vez melhor para se viver. Hoje, anuncio com prazer mais essas boas notícias para a área da saúde. São investimentos que vêm para aperfeiçoar o trabalho realizado e que vai beneficiar a população ludovicense, nos fazendo avançar ainda mais na área da saúde”, destacou o prefeito Edivaldo, que acompanhou as apresentações ao lado da primeira-dama Camila Holanda.

O secretário municipal de Saúde, Lula Fylho, destacou a importância do momento. “O prefeito Edivaldo nos pede para trabalharmos com diálogo e transparência e é com esse compromisso que usamos esse momento para apresentarmos a todas as equipes os resultados alcançados pelos diversos setores da Semus. É também neste momento que, a partir do anúncio do prefeito Edivaldo, motivamos ainda mais as equipes e traçamos novos objetivos a serem alcançados para que possamos avançar ainda mais e, assim, continuar transformando as vidas das pessoas que precisam dos serviços públicos de saúde”, ressaltou o Lula Fylho.

Também acompanharam o evento os secretários municipais Socorro Araújo (Turismo), Marlon Botão (Cultura), Moacir Feitosa (Educação), Héryco Coqueiro (Segurança com Cidadania), Mittz Rodrigues (Administração), José Cursino Raposo (Planejamento), Mádison Leonardo (Urbanismo e Habitação), Andréa Lauande (Assistência Social), Nonato Chocolate (Relações Parlamentares) e Romeo Amim (Desporto e Lazer); o controlador-geral do município, Jackson Castro; os vereadores Paulo Vitor, Genival Alves, Concita Pinto, Pavão Filho, Estevão Aragão, entre outras autoridades.

INVESTIMENTOS

Entre os novos investimentos anunciados pelo prefeito Edivaldo na área da saúde está a reforma de oito unidades básicas de saúde; da Ouvidoria; do Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest); da Usina de Gás da UPA da zona rural; do Hospital Socorrão II; do Ambulatório do Hospital da Criança; das Unidades Mistas do Bequimão e do São Bernardo; do Centro de Especialidades Odontológicas (CEO) da Alemanha; e da Escola Técnica do SUS (ET-SUS).

Também no pacote de investimentos, está a aquisição de equipamentos de odontologia, como cadeiras odontológicas completas e ultrassom-odontológico; além de 95 equipamentos de informática, mais de 300 equipamentos hospitalares e mais de 2,6 mil itens de mobílias hospitalares. Foi anunciada também a aquisição de dois veículos para zoonoses, de cinco ambulâncias para o Samu, 93 monitores multiparamétricos, além de 50 carros maca avançados, quatro aparelhos de raio-x móvel e um aparelho de raio-x fixo digital.

Profissionais da área da saúde comemoraram o anúncio dos investimentos que vão beneficiar diretamente a população de São Luís. “Vejo que a gestão do prefeito Edivaldo veio para inovar e reestruturar a rede municipal de saúde. Digo isso porque hoje vimos o quanto conseguimos avançar mesmo em um cenário econômico desfavorável. Como profissional da área, acredito que os investimentos anunciados vão motivar as equipes e contribuir para que possamos qualificar ainda mais a assistência oferecida aos usuários do sistema público de saúde, considerando que grande parte dos investimentos estão voltados para reestruturar e equipar as unidades de saúde”, disse a enfermeira da Rede de Assistência à Saúde da Semus, Ana Paula Gomes.

AVANÇOS

Além de ser um momento para o anúncio dos novos investimentos, o seminário Gestão de Resultados na Saúde de São Luís teve o objetivo de reunir os muitos avanços já obtidos na rede municipal de saúde. Os resultados foram apresentados por superintendentes, coordenadores, chefes de setores e diretores de unidades de saúde. Avanços foram pontuados em todos os setores da rede especialmente em áreas como a Superintendência de Ações em Saúde; as coordenações de Imunização, Combate às Infecções Sexualmente Transmissíveis, Educação em Saúde, Informação da Saúde; e as diretorias de unidades de saúde como o Hospital da Mulher, o Socorrão I, o Hospital da Criança e o Socorrão II.

Entre os avanços conquistados, destacou-se no seminário a reestruturação da Central de Marcação de Consultas e Exames (Cemarc) a partir de investimentos que resultaram no fim das filas para a marcação de consultas e exames. O prefeito Edivaldo investiu em sistema e tecnologia, descentralizou os pontos de marcação de consultas – hoje com 23 espaços disponíveis para o serviço – melhorou a infraestrutura, investiu em pessoal, ampliou o atendimento e acabou com a senha de pré-agendamento e com semana de marcação de consultas, possibilitando o agendamento diário de procedimentos e o aumento de 160% no número de consultas no mês.

Ainda entre os avanços mais expressivos alcançados ao longo da gestão do prefeito Edivaldo estão a reativação do Hospital da Mulher, com ampliação e qualificação dos serviços; a reestruturação do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU 192), com redução do tempo-resposta de 222 minutos para 30 minutos e, assim, qualificação do serviço junto ao Ministério da Saúde; a humanização nos hospitais de urgência e emergência, com redução de 70% no indicador de superlotação no Socorrão II; além do reforço nas ações de combate às arboviroses, bem como na prevenção de doenças sexualmente transmissíveis, entre outras ações na área da atenção básica.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.