Na tarde desta quarta-feira, 13, em alusão ao Dia Internacional da Mulher, o Coletivo de Mulheres com Deficiência do Maranhão – CMDA promoveu o Seminário “Direitos Sexuais e reprodutivos da Mulher com deficiência”, no auditório da Casa da Mulher Brasileira. O evento buscou visibilizar as particularidades e necessidades com foco nos direitos sexuais, reprodutivos e no atendimento humanizado à mulher com deficiência.

O Seminário contou com a participação da Secretária de Estado da Mulher, Ana Mendonça, a Diretora da Casa da Mulher Brasileira, Susan Lucena e representantes de entidades de combate ao preconceito e discriminação contra a mulher com deficiência.

A secretária Ana Mendonça destacou o quanto é importante dar o lugar de fala à estas mulheres para evitar o silenciamento, tornando-as combativas e reiterou o papel de engajamento da SEMU na elaboração de políticas públicas específicas.

Na direção da Casa da Mulher Brasileira, Susan Lucena parabenizou a secretária Ana Mendonça por sua visão ampla de trabalho em conjunto, vontade de fazer e fortalecer as políticas direcionadas às mulheres com deficiência.

A coordenadora do Fórum Maranhense de Mulheres, Dayana Roberta, foi enfática ao destacar o quanto a luta destas mulheres para exercer a liberdade de seus corpos com saúde e autonomia é tortuosa e ressaltou, ainda, que é preciso respeito às especificidades de cada uma delas.

O diálogo se mostrou extremamente necessário ao expor os desafios cotidianos e quais condutas são requeridas para garantir o protagonismo deste segmento, visto que o Brasil como signatário da Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência, da ONU, tem o compromisso de tornar digna a vida destas pessoas. Como sujeitos de direitos, a mulher com deficiência deve ter acesso aos programas de saúde e ações por meio das quais possa ter seus direitos sexuais e reprodutivos plenamente assegurados.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.