O tratamento contra o câncer no Hospital Aldenora Belo vai ganhar um reforço com a compra do seu primeiro endoscópio flexível, adquirido por meio de uma emenda individual no valor de R$ 300 mil, do deputado federal e candidato a Senador, Weverton (PDT).

Foto de arquivo. Weverton durante visita ao Hospital do Câncer Aldenora
Belo

O aparelho vai possibilitar a realização de cirurgias que antes não eram feitas no hospital. “Agora vamos poder realizar mais procedimentos cirúrgicos, menos invasivos e com mais conforto para os pacientes”, explicou o vice-presidente da Fundação Antônio Dino, Antônio Dino Tavares.

O endoscópio flexível é um tubo óptico equipado com um avançado sistema de imagem e monitoramento que permite a visualização de um determinado órgão do corpo humano.

Com a verba, o hospital vai adquirir ainda 36 venoscópios ambulatoriais, que auxiliam na localização da veia do paciente, reduzindo o sofrimento na coleta do sangue. “Esses novos aparelhos vão ajudar a localizar as veias e evitar tentativas frustradas de acesso, principalmente nos pacientes mais debilitados”, afirmou o vice-presidente da unidade de saúde.

O hospital vai receber ainda recursos de uma segunda emenda destinada pelo trabalhista, também no valor de R$ 300 mil, para a compra de um novo aparelho de Raio X. O Hospital do Câncer Aldenora Belo realiza 30 mil atendimentos mensais, uma média de 600 internações, com 2.000 quimioterapias e atendimento de radioterapia em 220 pacientes.

Este ano, Weverton destinou todos os recursos de suas emendas individuais, cerca de R$ 14 milhões, para a Saúde nos municípios e no estado. “O trabalho desenvolvido pelo Hospital Aldenora Belo é admirável e nossa missão é poder garantir que o hospital mantenha o atendimento aos mais carentes”, pontuou Weverton.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.