O Secretário de Agricultura e Pesca, Albertino Veríssimo e o Engenheiro Agrônomo, Edvaldo Aguiar, participaram da oficina de Capacitação para o Programa Nacional de Crédito Fundiário (PNCF), realizada nos dias 07 e 08 de agosto, cujo objetivo tratou de toda a política pública que rege o programa, os normativos e suas diretrizes, no intuito de inteirar técnicos e agentes envolvidos no processo para a operacionalização do programa.

O evento teve como organizadores a Secretaria de Reordenamento Agrário da Secretaria de Desenvolvimento Agrário e Secretaria de Agricultura Familiar – SAF, mais especificamente o setor da Unidade Técnica Estadual do Crédito Fundiário (UTE) que operacionaliza a política pública no Estado.

A oficina foi ministrada pelo Sr. Marcelo, servidor efetivo da Secretaria Nacional de Desenvolvimento Agrário, o qual explanou todo o procedimento para se acessar e o fluxograma de todo o processo.

O programa abre oportunidade para a compra de terras por agricultores familiares organizados ou não em grupos sociais. A política atinge os imóveis de tamanho limitado que não são passíveis de desapropriação por reforma agrária. É uma grande oportunidade de famílias adquirirem terras para se fixarem e realizarem suas atividades agropecuárias, visto que o programa abrange também financiamento para projetos produtivos.

O proponente deve seguir uma série de critérios, como principalmente se enquadrar como agricultor familiar. A forma de pagamento e o percentual de juros são bastante acessíveis para a modalidade.

Participaram da reunião, além de representantes de diversos municípios, a Fetaema, Fetraf, Saf, Sindicatos, Empresas de Ater, Banco do Nordeste e outras instituições.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.