A quinta edição da Campanha Nacional contra Hanseníase, Verminoses e Tracoma já começou em Bacabal. Com o slogan Hanseníase, Verminoses e Tracoma – em casa ou na escola, sempre é hora de prevenir e tratar, a campanha é voltada aos estudantes de cinco a 14 anos matriculados no ensino fundamental de escolas públicas, e pretende ensinar como se proteger dessas doenças, auxiliar na identificação de sinais e sintomas e esclarecer sobre a cura.

Durante a campanha serão realizadas buscas ativas de novos casos de hanseníase. Serão feitos também tratamento coletivo para verminoses e exames para a detecção e o tratamento de tracoma, favorecendo o diagnóstico precoce e o tratamento imediato prestado gratuitamente pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Para entender mais

Hanseníase

A hanseníase é causada pelo Mycobacterium Leprae e é transmitida pelo contato direto e prolongado com um doente sem tratamento. A transmissão ocorre normalmente pelas vias aéreas superiores. A doença se desenvolve dependendo das condições do sistema imunológico do indivíduo ao qual foi transmitido o bacilo. Entre os principais sintomas estão manchas na pele com alterações de cor e de sensibilidade, dormência, queda de pelos e comprometimento de nervos periféricos. Se não for tratada, a hanseníase continua a ser transmitida aos contatos.

Verminoses

As verminoses são causadas por parasitas intestinais que acarretam anemia, dor abdominal e diarreia. Os principais parasitas são Ascaris umbricoidese Trichuristrichiuria e os Ancilostomídeos das espécies Ancylostomaduodenale e Necatoramericanus. Eles podem causar dores abdominais, diarreias frequentes, anemia, palidez excessiva, perda de peso, barriga inchada e sangramentos intestinais. Em crianças, pode haver dificuldade de aprendizagem e retardo no crescimento.

Tracoma

O tracoma é uma doença inflamatória dos olhos, causada pela bactéria Chlamydiatrachomatis, que atinge a córnea e a conjuntiva. A transmissão ocorre por contato direto, pessoa a pessoa, ou contato indireto, por meio do compartilhamento de objetos contaminados com secreção (toalhas, lenços, lençóis). Os olhos de pessoas afetadas pelo tracoma podem apresentar vermelhidão, lacrimejamento, coceira, irritação, secreção, sensação de corpo estranho e intolerância à luz. Se não for tratado, pode prejudicar a visão e causar cegueira.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.