Tragédia em Barra do Corda: correnteza leva para a morte menor de oito anos

Por volta das 16h30 de ontem, alguns meninos aproveitarem para brincar na chuva, que aumentava cada vez mais. Eles começaram a filmar o que, a princípio, parecia uma brincadeira, e aos poucos foi virando uma tragédia. Em uma rua da Trizidela, o menor Gustavo, de menores foram levados pelas correntezas, um ser salvo por populares e o segundo, Gustavo de oito anos, desparecer. O corpo do menor foi localizado por volta das 18h30 por uma força tarefa. A cidade ficou de luto desde ontem e chocada com o fato.

Veja abaixo o vídeo das correntezas exibidas no  Blog Minuto Barra

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Sinpol lamenta a morte de dois integrantes na queda do helicóptero e CTA faz vídeo em homenagem ao piloto

O Sindicato dos Policiais Civis do Estado do Maranhão (Sinpol-MA) vem a público, consternado, lamentar profundamente o acidente ocorrido na tarde deste domingo (1), com o helicóptero – modelo Robson 44, prefixo PP- WRV, que ceifou a vida da tripulação, composta por dois integrantes da Polícia Civil do Maranhão, o policial civil, piloto, Alfredo Oliveira Barbosa Neto, e o policial civil, médico legista de Imperatriz-MA, Rodrigo Capobiango Braga.

A aeronave caiu em uma fazenda localizada entre os povoados Miritil e Lentel, próximo ao município de Rosário.

O Sinpol-MA solidariza-se com a dor dos companheiros de farda da Polícia Civil que tanto zela pelo bem-estar e segurança da sociedade maranhense, e dos familiares dos médicos Jonas Eloi da Luz e do cirurgião Kleber Luz, e manifesta extremosas condolências aos parentes e amigos dos passageiros.

O CTA fez o vídeo abaixo em homenagem ao piloto; confira:

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Queda do helicóptero que matou 4 pessoas no MA: dois médicos se salvaram por desistência da viagem

Dois médicos escaparam da morte no helicóptero que caiu ontem à tarde entre Rosário e Axixá e que resultou na morte de quatro pessoas. Segundo informou o JMTV Primeira Edição de hoje, segunda-feira, dia 02, os dois desistiram da viagem, sendo um deles Felipe Luz , parente dos médicos Jonas Eloi da Luz e José Cleber Luz Araújo. O outro seria Evaldo, também parante, por causa da namorada que está grávida e não o deixou ir na viagem.

(Foto: Reprodução/TV Mirante)

Desde cedo da manhã de hoje que os corpos dos médicos José Cleber Luz Araújo, Jonas Eloi da Luz, Rodrigo Capobiongo Braga estão sendo velados na sede do Conselho Regional de Medicina, no Jardim Renascença. Já o investigador de polícia, Alfredo Oliveira Barbosa Neto, que vinha pilotando a aeronave, está sendo velado na igreja da Cohab.

Ontem, por volta das 16h, o helicóptero saiu da cidade de Lima Campos com destino a cidade de Paço do Lumiar, mas devido as fortes chuvas que caíam naquela região foi obrigado a sobrevoar em baixa altitude e em certo momento, ao se aproximar da cidade de Rosário, bateu em uma árvore e caiu em uma fazenda, numa área alagada e de muito matagal.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Veja as quatro vítimas do helicóptero que caiu hoje no Maranhão

O helicóptero que caiu hoje à tarde entre as cidades de Axixá em Rosário, transporta três médicos. O cirurgião vascular Rodrigo Capobiano Braga e o anestesista Jonas. O terceiro foi o piloto e investigador de polícia Alfredo. O quarto, médico Kleber Luz, cirurgião primo do Jonas. O helicóptero teria como donos o cirurgião e o dono da Óticas Veja, Viégas.

Veja as fotos abaixo:

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Reconhecidos até agora médico sócio da aeronave que caiu hoje em Rosário e o piloto, investigador de polícia

Das quatro vítimas fatais do helicóptero que cai hoje à tarde, dia 01 de abril de 2018, entre as cidades de Rosário e Axixá, foram reconhecidos apenas dois: o médico de São Luís, Rodrigo Capobiano Braga (foto abaixo à direita), que é sócio do dono da Ótica Veja e um investigador da Polícia Civil, Alfredo (foto abaixo à esquerda), que pilotava a aeronave. O mal tempo (chovia bastante) pode ter sido a causa principal da queda. Há informações de que um vendedor de carro também estaria no acidente.

O helicóptero Robison 44, vinha da cidade de Barreirinhas com destino a São Luís, quando não resistiu às fortes  chuvas e descargas elétricas e bateu em uma árvore. Segundo informações ao Blog do Luis Cardoso, quatro pessoas estavam na aeronave. Viégas, dono da Veja, conforme informações ao blog, não estava no helicóptero e que ele teria vendido sua parte na sociedade, mas mantem outra aeronave igual. O que caiu hoje está no nome da Ótica e não é a primeira vez que a máquina se envolve em acidente.

Uma equipe de resgate, acompanhada do CTA, permanece no local. O helicóptero não é apropriado para voar quando chove.

Aguardem novas informações sobre as vítimas.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

URGENTE! Helicóptero de dona da ótica Veja caiu entre as cidades de Rosário e Axixá no Maranhão: quatro mortos

A aeronave vinha da cidade de Barreirinhas e caiu. Quatro mortes já foram confirmadas. Não sobreviveu ninguém. Veja as imagens e aguardem novas informações sobre as vítimas…

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Morre a segunda pessoa da mesma família atingida por raio no Maranhão

Josilda Silva Dutra, 22 anos, não resistiu aos ferimentos causados por uma descarga elétrica em um povoado no município de Santa Quitéria, há três dias, e veio a óbito hoje. A primeira vítima foi o irmão adolescente,Jotan Dutra, 17 anos, que ainda chegou a ser internado no hospital municipal Dr. Zeca Moreira. Foto do Correio Buritiense abaixo, que fez a cobertura completa do fato, mostra o momento quando chegou a primeira vítima ao hospital.

11 pessoas estavam reunidas na casa onde o raio caiu. Buscando proteção na hora do estrondo, muitos se jogaram no chão uns sobre outros. O irmão foi o mais atingido, mas outros membros da mesma família também saíram bastante feridos.

Josilda, que teve o quadro agravado durante o dia de ontem, e quando estava sendo levada ao Hospital de Parnaíba, no Piaui, veio a óbito no Hospital de São Bernardo, em razão da urgência em ser internada antes de chegar à cidade piauense.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Integrantes de Jet Ski perdidos ontem no mar foram empurrados para a Baía do Tubarão

Os 17 membros dos 16 Jet Ski que foram dados como desaparecidos durante o dia de ontem no mar, quando foram atingidos por fortes correntezas, temporais, ondas perigosas, chegaram a ser arrastados muito próximo de uma área sem retorno: a conhecida Baia do Tubarão, local onde se concentra um grande número dos predadores. Eles saíram de São Luís (veja foto abaixo) com destino a Barreirinhas. A Marinha vai abrir investigações para apurar responsabilidades e punir os donos e pilotos das pequenas embarcações náuticas.

Conforme informou um especialista em navegação ao Blog do Luis Cardoso, eles saíram por volta das 5h da madrugada de São Luís, o que ilegal por ser proibido Jet Ski navegar à noite que possui apenas sinalizador e não iluminação. Além disso, o grupo que caiu ao mar é considerado como radical sem levar em consideração uma série de medidas de segurança, como navegar apenas em águas interiores “tais como hidrovias interiores, lagos, lagoas, baías, angras, rios e áreas marítimas onde normalmente não seja verificada onda com altura significativa”, como disse hoje a Marinha em nota oficial. 

Entre o povoado de Travosa (Humberto de Campos) e Primeira Cruz, por onde ficou a maioria aguardando socorro por um grupo de seis motos aquáticas que estava no mesmo comboio e chegou até Atins (Barreirinhas), fica bem próximo a Baia do Tubarão, exatamente no local onde existem as piores e maiores ondas e na hora a chuva chegou a índices de 28 mm. Na hora do resgate, várias motos aquáticas ficaram para trás danificadas.

Confira abaixo a nota da Marinha em que avisa da abertura de inquérito contra os integrantes dos Jet Ski que infringiram as normas e colocaram suas vidas em risco:

MARINHA DO BRASIL
CAPITANIA DOS PORTOS DO MARANHÃO

NOTA À IMPRENSA

Por volta das 21h30 do dia 29 de março de 2018, integrantes da equipe de Inspeção Naval da Capitania dos Portos do Maranhão que estão a serviço na cidade de Barreirinhas – MA, foram contatados e informados do desaparecimento de dezesseis motos aquáticas que teriam saído de São Luís às cinco horas da manhã, com destino a Barreirinhas. Das dezesseis embarcações que se fizeram ao mar, apenas cinco chegaram ao destino, às 17h. As demais tiveram problemas devido ao estado do mar e em decorrência de pane seca.
Inicialmente, a Marinha contatou o Comando Tático Aéreo, da Polícia Militar do Maranhão, com o propósito de iniciar as buscas pelos desaparecidos com apoio de aeronave, logo ao amanhecer do dia 30 de março, sexta-feira da Paixão, desencadeando o planejamento da operação de busca e salvamento, com mobilização da Comunidade Marítima .
Em paralelo, a equipe da Marinha em Barreirinhas buscou ampliar as informações disponíveis junto aos familiares dos desaparecidos e junto aos tripulantes que conseguiram chegar ao destino, com o intuito de atualizar os dados disponíveis e concentrar esforços para facilitar e acelerar o resgate. Destas diligências verificou-se que o grupo original era de 17 pessoas, em 16 motos aquáticas, sendo que 5 chegaram ao destino planejado, 6 dispersaram a uma distância aproximada de 50 Km de Atins e 5 dispersaram a 30 Km deste município, provavelmente em resgate dos primeiros 6 que ficaram para trás.
Às 23h50 foi confirmado por familiares que as doze pessoas perdidas (onze tripulantes e um passageiro) haviam chegado em terra firme, na localidade de Atins, deixando algumas moto aquáticas para trás.
Visando a segurança da navegação e a salvaguarda da vida humana no mar, que são tarefas precípuas da Autoridade Marítima, a Capitania dos Portos do Maranhão ressalta que a navegação com moto aquática só pode ser feita com a luz do dia e em áreas abrigadas, tais como hidrovias interiores, lagos, lagoas, baías, angras, rios e áreas marítimas onde normalmente não seja verificada onda com altura significativa e que não apresente dificuldade ao tráfego de embarcações. Neste caso específico, orienta-se a não fazer este tipo de aventura, mesmo que em grupo, devido ao alto risco de acidente. Acrescenta-se à necessidade e responsabilidade de todo e qualquer condutor, em verificar as condições meteorológicas sempre que for para o mar.
De maneira a mitigar os riscos de acidentes e evitar que novos incidentes deste tipo aconteçam, será conduzido um Inquérito de Acidentes e Fatos à Navegação, no qual os condutores das moto aquáticas serão notificados a comparecer à Capitania dos Portos do Maranhão para prestarem os devidos esclarecimentos relativos ao fato.
SEGURANÇA DA NAVEGAÇÃO: QUEM VALORIZA A VIDA, RESPEITA.

São Luís, MA, 30 de março de 2018.

MARCIO RAMALHO DUTRA E MELLO
Capitão de Mar e Guerra

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Dois acidentes em Caxias, no Maranhão: duas mortes e quatro feridos

Equipes da Polícia Rodoviária Federal estão desde ontem atendendo registros de acidentes em rodovias no município de Caxias. No primeiro deles, um casal de motoqueiros veio a óbito depois que a motocicleta foi atingida por um caminhão. No segundo caso, o carro capotou e quatro pessoas saíram feridas. 

Durante o dia de ontem, na altura do km 86, da BR 226, um caminhão Volkswagen de placas OJJ5998  colidiu frontalmente com uma moto Honda NXR de placa PSL2659, em que estava o casal Raimundo Nonato de Oliveira Pereira (piloto), 27, e Claudiele Dias Sousa, 17, companheira do condutor. O impacto foi tão violento que os dois morreram no local.

O condutor do caminhão e causador do acidente tratou de fugir do local antes que se aglomerassem mais pessoas.

Hoje, por volta das 9h da manhã, um carro desenvolvia alta velocidade na BR 316, em Caxias, e acabou saindo da pista, capotando, e caindo no matagal. Quatro pessoas saíram feridas, segundo os agentes da PRF que estiveram no local.

A PRF informa aos motoristas que chove em quase todas as rodovias federais que cortam o Maranhão e, por isso, pede prudência na hora de dirigir, diminuindo a velocidade e cumprindo as sinalizações.

Veja abaixo as imagens da TV Sinal Verde sobre o acidente que resultou na morte de uma casal de motoqueiros na BR 226, na cidade de caxias:

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Tragédia! Casa é atingida por raio; 10 pessoas gravemente feridas, e morre um adolescente, no Maranhão

O Instituto Nacional de Meteorologia avisou desde a manhã de ontem que o Maranhão sofreria pancadas de tempestades com registros de quedas de raios em várias regiões. Em um povoado na zona rural de Santa Quitéria, uma descarga elétrica atingiu uma casa, onde estavam 11 pessoas. Um adolescente morreu e 10 ficaram feridas.

Segundo o Portal Rio Parnaíba, o corpo do adolescente Jotamar Dutra, 17 anos, encontra-se no hospital de Santa Quitéria para ser liberado aos familiares e o enterro possa ser realizado hoje.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Advogado morre atropelado no bairro do Araçagy

Na noite do último domingo, dia 25, mais uma pessoa morre vítima da violência no trânsito. A fatalidade agora aconteceu contra a vida do empresário e advogado Nilo Neto, no bairro Araçagy, município de Raposa. Segundo informações repassadas pelo delegado Cláudio Mendes, o jurista atravessava a avenida do bairro para falar com um amigo, quando foi atropelado por um ônibus que fazia a linha Araçagy-Deodoro.

Segundo uma testemunha que estava no local, mas não quis se identificar por medo de represálias, a vítima já estava na calçada quando o condutor do ônibus perdeu o controle e atropelou Nilo Neto. “Eu estava na casa ao lado com uns amigos, quando vimos o ocorrido. Uma galera começou a chegar pra prestar ajuda, mas ele já estava morto. O motorista vazou e deixou a vítima lá, com medo do pessoal fazer algo com ele- sic”, relatou a testemunha.

O motorista foi identificado como Wanderson Braga da Silva, que fugiu do local sem prestar socorro a vítima. Minutos após o corrido ele foi capturado por uma viatura da Polícia Militar, na avenida Daniel de La Touche e  conduzido ao plantão do bairro Cohatrac, onde prestou depoimento e foi autuado.

Nilo Neto deixou de advogar há pouco mais de um ano para tomar seu próprio negócio, atualmente conhecido como o Bar Hora do Gole, localizado no Araçagy.

Ele é a segunda vítima de atropelamento em menos de 24 horas na grande ilha. Na manhã também do último domingo o médico urologista Luís Carlos Cantanhede ia com parentes para São José de Ribamar a pé para pagar uma promessa porque queria agradecer a cura de um câncer, quando foi atropelado por um Celta, placas NHD 5533, que estava sobre a condução de Gilson Carlos Barros Ferreira. (reveja aqui)

Segundo o delegado Sebastião Uchôa, que estava de plantão na delegacia do Maiobão e atendeu o caso o condutor confessou que estava embriagado e foi encaminhado para o Complexo Penitenciário de São Luís

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.