Publicidade

Luís Cardoso – Bastidores da notícia

Bastidores de notícias de política, judiciário, crime e esportes.

Busca em todo o site

Cacique é atropelado, morto e índios fazem reféns policiais e motorista

Acidente / BR / Maranhão
 

Uma caminhonete Hilux que vinha da cidade Grajaú, em direção a Barra do Corda, BR-226, atropelou e matou o cacique indígena Raimundo Amorim.

Após o acidente a BR-226 foi bloqueada pelos índios. A caminhonete foi completamente incendiada.

Segundo informações passadas ao blog, existe uma equipe de policiais de Jenipapo dos Vieras feita refém. O motorista da Hilux também está sob o poder dos índios.

O carro foi completamente incendiado.

Os índios estão eufóricos e querem linchar o motorista que atropelou o cacique.

Uma guarnição da cidade de Barra do Corsa eta se deslocando para tentar evitar o pior.

O cacique Raimundo Amorim era uma forte liderança indígena.

Aguardem mais informações…

4 comentários em “Cacique é atropelado, morto e índios fazem reféns policiais e motorista”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. Aristides

    O quê que esse índia fazia no meio da rodovia??!!!

  2. Carlos carvalho

    Olha o prefeito de Tuntum ai

    http://www.sindsertnoticias.com.br/noticia/85/presidente-da-famem-no-cumpre-acordos-com-os-servidores-e-ainda-usa-a-mquina-publica-para-atos-ilegais-

  3. Herbert Felício Neves

    Não tem nada demais, foi um acidente como.outro qualquer, agora , é palhaçada desses índios quererem matar todo mundo q passa na rodovia em frente a aldeia deles, ainda vai ter confusão, aguardem, é esse negócio de fazerem policiais como reféns, vai dar merda, vejam bem. Agora q é hora do pessoal do recursos humanos irem lá na aldeia desse conflito, para tentar apaziguar as coisas.

  4. Marcílio Serrão

    Um acidente. O primeiro comentário, “o que que esse índia [índio] fazia no meio da rodovia?” Transfere a culpabilidade do acidente para o cacique. Péssimo! O acidente quem cometeu foi o motorista. Não interesse se era um índio ou outra pessoa. Acaso as BRS só servem a carros em alta velocidade? Ou índio não pode usar também as BRS?
    Outro comentário, “Não tem nada demais, foi um acidente como qualquer, agora é palhaçada desses índios quererem matar todo mundo que passa em frente a aldeia deles…” Herbert, não foi um acidente qualquer. Trata-se da morte do cacique Raimundo Amorim, liderança da aldeia. Isso gerou um grande impacto na aldeia. Com certeza o cacique tem uma representatividade muito grande na aldeia. O mesmo impacto teria se fosse o prefeito, o governador ou o presidente. Não se trata de palhaçada. Por se tratar de liderança de uma aldeia indígena, pode levar a intenção de um etnocrime. Não acredito que a Br seja mais antiga que a aldeia. Por tanto, há que se compreender a reação dos índios a esse crime. Não acho que seria respeitoso comentários carregados de etnofobia.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários






  • Enquetes
    Desculpe, não há enquetes disponíveis no momento.
  • Conheça a Creche Escola Luluzinha
  • AS MAIS VISTA DA SEMANA

  • Contatos

    E-mail: [email protected]
    Telefone: 98 3236-1351
    Celular: 98 98722-6094

    Arquivos

    Posts ordenados por data de publicação.