A polícia prendeu em flagrante um entregador de frutas por estupro a uma mulher de 30 anos, a quem conhecia recentemente e se mostrava amigo. O crime foi cometido na quitinete onde a vítima morava com a irmã. Horas depois, ele, via áudio, ainda indagou: “foi ótimo, você gostou?”. 

Na sede da Ceapi onde o homem pegava as frutas para fazer as entregas

Em matéria produzida pela jornalista Maria Romero,do G1 PI, o homem aparece como conhecido por Hércules e foi preso desde sexta-feira, dia 23, pelo crime cometido no bairro Tabuleta, em Teresina. Para a delegada de Mulher, Vilma Alves, a prova maior “foi um áudio enviado pelo homem para a vítima”, segundo o Portal G1 PI.

A delegada, que ouviu o áudio, disse que a mulher estuprada, de 30 anos, estava muito abalada e contou ao site da Globo que a vítima, que é franzina, lutou bastante contra o homem que é forte. Ele trabalha na CEAPI ( Central de Abastecimento do Piauí.

Religiosa, ela morou em um convento e atualmente mora com a irmã e que só deixou o homem entrar imaginando que ele fosse entregar frutas. Ele disse que a relação foi consentida.

“Não podemos nos calar, temos que denunciar. As mulheres não podem continuar apanhando, sendo estupradas, sendo mortas sem fazermos nada”, disse a delegada ao G1 PI.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.