Blog do Neto Ferreira

A capitã Marcela, lotada no 8ª Batalhão da Polícia Militar, será afastada do cargo e irá responder a um processo administrativo, segundo informou o comandante de Policiamento de Área Metropolitano I (CPAM I), coronel Alexandre, ao Blog do Neto Ferreira. A militar foi flagrada protagonizando abuso de poder em uma casa de show em São Luís no último domingo (11).

“O caso é um fato isolado. Ela (capitã Marcela) responderá a um Processo Administrativo no âmbito da Corporação para apuração dos fatos. Para isso, a policial será afastada do cargo”, afirmou o comandante.

A sindicância deverá ser aberta pela Corregedoria da Polícia Militar, órgão responsável por apurar más condutas de militares, que irá colher provas e ouvir testemunhas.

Relembre o caso

No ultimo domingo (11), a policial militar protagonizou um fato inusitado em uma casa de show de São Luís. A capitã, que não estava a serviço, tentou barrar um evento após ser impedida de entrar armada na Tom Music. Naquela ocasião, a oficial exigiu que o show de Xande de Pilares fosse cancelado, mesmo com todas as licenças regulares, gerando assim um grande tumulto, reclamação do público e prejuízo para a organização da festa.

No momento da confusão, estava presente também a delegada do Meio Ambiente, Bianca Almada, que constatou a legalidade do evento, mas mesmo assim, a capitã Marcela afirmou que o evento teria que ser cancelado.

A confusão só acabou após uma equipe de policiais militares, que foi acionada para resolver o imbróglio, verificar todas as licenças e constatar que realmente estavam em dias.

A equipe de reportagem procurou a militar para esclarecer o fato e não conseguiu contato até o fechamento da matéria.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.