Um contrato milionário chamou a atenção entre o Município de São José de Ribamar e a Clasi Segurança Privada. As cifras ultrapassam a R$ 29 milhões por um período de um ano com o objetivo de prestar segurança para as escolas e à Secretaria de Educação.

Embora tenha um quadro de guardas municipais bem treinados para garantir a segurança dos prédios públicos, como as escolas e secretarias, Julinho Mocotó, como é conhecido o prefeito em Ribamar, fez o acerto, sem se preocupar com os olhos dos Ministério Público e nem com o Tribunal de Contas do Estado. A propósito, bem que os dois órgãos fiscalizadores poderiam olhar o contrato.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.