Por Neto Ferreira

Um carregamento de medicamentos foi flagrado sendo transportado em um caminhão boiadeiro (veículo de carregar animais) no interior do Maranhão.

Foto Reprodução

O destino da carga era o Hospital Municipal, gerenciado pela Prefeitura de Mirinzal, comandada por Amaury Almeida.

Em consulta ao Portal da Transparência do Município e ao Sistema do Tribunal de Contas do Estado, a reportagem apurou que até o momento não foi divulgado os contratos de aquisição de medicamentos celebrados pelo Executivo de Mirinzal.

O Ministério Público, por meio do promotor de Justiça de Mirinzal Frederico Bianchini Joviano dos Santos, afirmou que a denúncia do transporte inadequado dos produtos será devidamente autuada e investigada.

A secretária de Saúde, Larissa de Maria Schalcher Mendes Almeida, se pronunciou sobre o caso e afirmou que os medicamentos foram entregues de forma inadequada e não corresponde ao solicitação na licitação.

Larissa Almeida, esposa do prefeito, disse ainda que ao constatar o erro notificou a empresa fornecedora para que os medicamentos fossem devolvidos e substituídos. A gestora também frisou que a Vigilância Sanitária foi chamada para fiscalizar os produtos.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.