Publicidade

Luís Cardoso – Bastidores da notícia

Bastidores de notícias de política, judiciário, crime e esportes.

Busca em todo o site

Operação contra agiotagem prende ex-prefeita e conduz filhos e sobrinho

Política
 

A operação contra a agiotagem continua desde cedo da manhã de hoje. O alvo são prefeitos e ex-prefeitos que mantinham negócios com agiotas.

A ex-prefeita de Dom Pedro, Arlene Barros, foi presa hoje e também foram conduzidos coercitivamente um filho dela, Rômulo Barros, além do sobrinho Rodrigo. A polícia procura ainda o filho mais velho, o empresário Eduardo DP, o Imperador.

Conforme o blog do Gilberto Léda, foram autorizadas, ainda, as conduções coercitivas de:  Alfredo Falcão Costa Júnior, Rodrigo Barros Amancio, Rodrigo Gomes Casanova Junior, Joel Cavalcante Neto, Fabio Silva Froz, Laynna Barbosa Mesquita, Jean Pereira dos Santos e Leonardo Alves dos Santos.

E a busca e apreensão e o bloqueio de bens de: Eduardo DP, Arlene Barros, Romulo Cesar Barros Costa, Alfredo Falcão Costa Júnior, Rodrigo Barros Amancio, Rodrigo Gomes Casanova Junior, Joel Cavalcante Neto, Fabio Silva Froz, Laynna Barbosa Mesquita, Jean Pereira dos Santos, Leonardo Alves dos Santo, Alfredo Falcão Costa, Eridan Pinheiro, Cinthya Carneiro, Adilton Costa, Natalina Ferreira, Roberto Cantanhede, Wesley Ferreira, Francisco Robert Soares, além das empresas Turmalina Empreendimentos, Construtora Imperial, Imperador Empreendimentos, DP Locação, Tocantins Empreendimentos, Construimper, Tracon Construções, Hiper Sondagens, R. B. Amancio, Construservice, Rio Anil Locação, Pactor Construções, FBA Construções, Esmeralda Locações, HidroSolo Construção, Romulo C B Costa, Debora de O. Amaral, Comercial Number One e GAP Construtora.

Eles são acusado do desvio de R$ 5 milhões de recursos públicos quando ela era prefeita e mantinha negócios com agiotas.

Agora a pouco o delegado Geral, Augusto  Barros, informou ao titular do blog do Luis Cardoso que por toda a tarde de hoje dará o resultado da operação que está sendo realizada em São Luís e diversas outras cidades.

Ele confirmou a prisão da ex-prefeita e condução coercitiva de outras pessoas tidas como laranjas relacionadas aos ilicitos praticados naquela cidade.

Barros adiantou que ainda hoje a Polícia cumprirá 38 mandatos de busca e apreensão e que as investigações estão sendo realizadas desde junho de 2012, dois meses depois do assassinato do jornalista Décio Sá.

Uma lista de 40 prefeituras foram investigadas pela Seic e Gaeco por desvio de merenda escolar, medicamentos e obras.

A participação do ex-prefeito de São Luís, João Castelo, no esquema teria sido por meio de um contrato de mais de R$ 600 mil entre a gestão do tucano e a Gran Vitória Comércio e Transporte Logística Ltda, empresa fantasma controlada pelo empresário Fábio Brasil, morto em abril de 2012, 20 dias antes do assassinato de Sá, pela mesma quadrilha de agiotas.

A ex-governadora Roseana Sarney mandou estancar as investigações, mas por determinação do governador Flávio Dino (PCdoB), o inquérito, engavetado em 2013, foi reaberto, com a disponibilização de sala aos policiais, com computadores, armamento e toda a estrutura para investigar a máfia.

Abaixo, os nomes dos 40 prefeitos e ex-prefeitos maranhenses que foram investigados e podem ter expedidos em seu desfavor um mandado de prisão preventiva a qualquer momento – com exceção de Castelo, que agora eleito para a Câmara dos Deputados só pode ser preso após o processo ser julgado pelo Supremo Tribunal Federal (STF):

1 – Sebastião Lopes Monteiro (Apicum­-Açu)
2­ – Leão Santos Neto (Arari)
3 – Raimundo Nonato Lisboa (Bacabal)
4 – José Farias de Castro­ (Brejo)
5 ­– Francisco Xavier Silva Neto (Cajapió)
6 – José Haroldo Fonseca Carvalho­ (Cândido Mendes)
7 – José Martinho dos Santos Barros­ (Cantanhede)
8 – Soliney de Sousa e Silva ­(Coelho Neto)
9 – José ­Francisco Pestana (Cururupu)
10 – Maria Arlene Barros Costa­ (Dom Pedro)
11 – ­Raimundo Almeida (Lago Verde)
12 – Jorge Eduardo Gonçalves de Melo­ (Lagoa Grande)
13 ­–João Cândido Carvalho Neto (Magalhães de Almeida)
14 ­– Manoel Edvan Oliveira da Costa (Marajá do Sena)
15 ­– Joacy de Andrade Barros (Mirador)
16 – José Lourenço Bonfim Júnior­ (Miranda do Norte)
17 –­ Ivaldo Almeida Ferreira (Mirinzal)
18 – Iara Quaresma do Vale Rodrigues (Nina Rodrigues)
19 –­ Glorismar Rosa Venancio (Paço do Lumiar)
20– Enoque Ferreira Mota Neto (Pastos Bons)
21 – Tancledo Lima Araújo (Paulo Ramos)
22 –­ Maria José Gama Alhadef (Penalva)
23 –­ Henrique Caldeira Salgado (Pindaré Mirim)
24 ­– José Arlindo Silva Sousa (Pinheiro)
25 – Marconi Bimba Carvalho de Aquino (Rosário)
26 ­– Márcio Leandro Antezana Rodrigues (Santa Luzia)
27 – José Nilton Marreiros Ferraz (Santa Luzia do Paruá)
28 – Sebastião Fernandes Barros (São Domingos do Azeitão)
39 – Kleber Alves de Andrade (São Domingos do Maranhão)
30 – Alexandre Araújo dos Santos­ (São Francisco do Brejão)
31 – Luiza Moura ­da Silva Rocha (São João do Sóter)
32 – João Castelo Ribeiro Gonçalves (São Luís)
33 –­ Leocádio Olímpio Rodrigues (Serrano do Maranhão)
34 –­ Juvenal Leita de Oliveira (Sucupira do Riachão)
35 ­– Maria do Socorro Almeida Waquim (Timon)
36 –­ Domingos Sávio Fonseca Silva (Turilândia)
37 – Raimundo Nonato Abraão Baquil­ (Tutoia)
38 – Abnadab Silveira Léda­ (Urbano Santos)
39 –­ Miguel Rodrigues Fernandes (Vargem Grande)
40 –­ Raimundo Nonato Sampaio (Zé Doca)

 

Líder do governo emprega prima milionária em cargo alto na Casa Civil

Política
 

O líder do governo na Assembleia Legislativa, deputado Rogério Cafeteira, conseguiu emplacar em Cargo Isolado, uma dos mais altos na estrutura administrativa estadual, a prima Janaína Cafeteira, filha do ex-senador Epitácio Cafeteira.A nomeação de Janaína vinha sendo cobrada pelo parlamentar desde que Flávio Dino assumiu o cargo de governador e ele tinha certeza que seria seu líder no parlamento maranhense.A filha do senador mora com a família em Brasília e, portanto, não precisará bater o ponto. Além disso, como única herdeira do ex-senador e ex-governador Epitácio Cafeteira, é milionária e tem fortuna superior ao que tem hoje o primo deputado.

O pai dela tem altas somas em aplicações no Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal, além de uma montanha de jóias em ouro guardados em cofres bancários e dezenas de imóveis entre São Luís e Brasília. Sem contar com as gordas aposentadorias com bancário, ex-deputado federal e ex-governador.

Ainda assim, foi preciso aumentar a já polpuda receita da filha do ex-governador que chegou a ser candidata a deputada estadual e depois retirou a candidatura. Abaixo a nomeação de Janaína Cafeteira.

Polícia executa operação sobre agiotagem e prende ex-prefeitos

Política
 

A Polícia Civil iniciou hoje desde cedo uma operação sobre a agiotagem no Maranhão. Na mira diversos ex-gestores públicos e empresários.

Após mais de um ano de investigações, os policiais, sob o comando do delegado Guilherme, concluíram sobre a participaçaõ dos ex-prefeitos que pediram dinheiro para agiotas e bancaram suas campanhas eleitorais, além dos empresários que financiavam o crime.

Hoje foi presa a ex-prefeita de Dom Pedro, Arlene Barros, para depor sobre sua relação com agiotas. Outros 37 mandatos de prisões serão cumpridos por todo o dia de hoje.

Segundo informações ao blog, as pulseiras passariam por Zé Doca, Cururupu e Bacuri, onde o atual prefeito Nixon tinha envolvimento com o agiota Gláucio Alencar, acusado de ser um dos mandantes do assassinato do jornalista Décio Sá.

Aguardem novas informações em instantes.

 

Tratores entregues por Flávio Dino eram do período de Roseana

Política
 

O governador do Maranhão fez uma verdadeira festa na entrega de patrulhas mecânicas para alguns prefeitos do Maranhão. E alerdeou que, a partir daquele momento, o nosso estado estaria dando importante passo para o fortalecimento da agricultura familiar e no combate às desigualdades sociais.

Flávio Dino esqueceu apenas de informar que os tratores eram do período do também desastroso e lento governo de Roseana Sarney, que havia conveniado com o Ministério da Agricultura e, por isso, obteve as máquinas.

Elas estavam desde a metade do ano passado nos estacionamentos do Parque da Independência, onde funciona todo os anos a Expoema. A ex-governadora não as entregou por ser lenta e descuidada. Como veio o período vedado por causa das eleições de 2014, ele não pode repassar os equipamentos para os prefeitos.

Um detalhe chamou a atenção no dia do evento: nenhum dos municípios citados como os mais miseráveis do Brasil, sediados no Maranhão,  ganhou tratou. E, pasmem os senhores, três cidades fora do alcançe do programa Mais IDH levaram os seus.

 

Rigo Teles preside a primeira reunião da Comissãode Orçamento da Assembleia

Política
 

O deputado Rigo Teles (PV) presidiu, na quinta-feira (26), a primeira audiência pública da Comissão de Orçamento, Finanças, Fiscalização e Controle da Assembleia Legislativa, acompanhado dos deputados Fábio Braga (PT do B), Stênio Resende (RTB), Eduardo Braide (PMN) e Fernando Furtado (PC do B).

A audiência pública aconteceu na Sala de Comissões da Casa, com técnicos da Secretaria de Estado de Planejamento (Seplan), representada pela Contadoria Geral do Estado. Na ocasião, os técnicos fizeram uma demonstração e avaliação do cumprimento de metas fiscais, referente ao 3º Quadrimestre de 2014.

Na ocasião, Rigo Teles esclareceu que a reunião é determinada pela Constituição, por meio do & 4º do artigo 9º da Lei de Responsabilidade Fiscal. Segundo ele, o papel da Comissão de Orçamento da Casa é cobrar e fiscalizar o cumprimento das metas do governo, definidas na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO).

RECEITA E INVESTIMENTOS

Ao avaliar o demonstrativo, Rigo Teles disse que um dos dados mais importantes foi referente ao empréstimo de R$ 3,8 bilhões, contraído no governo passado junto ao BNDES. O deputado constatou que até o mês dezembro de 2014, o Estado usou apenas cerca 60% do empréstimo, o que corresponde a cerca de 2,3 bilhão.

O parlamentar constatou, também, ao analisar o demonstrativo da Seplan, que o governo do Estado cumpriu o que estabelece a LRF, com relação às despesas com pessoal. A variação negativa aconteceu somente com relação ao resultado nominal primário, que entre janeiro e dezembro de 2014 foi de apenas R$ 307 mil.

Para o presidente Rigo Teles, o quadro mostra que o governador Flávio Dino terá capacidade de desenvolver seu projeto de mudanças, em beneficioda população de todos os municípios do Maranhão, especialmente nos mais carentes, que devem receber investimentos na saúde, educação, infraestrutura e outros.

Glalbert Cutrim participa do “Município em Foco” em Imperatriz

Política
 

Representando a Assembleia Legislativa do Maranhão, o deputado Glalbert Cutrim (PRB) participou, na última sexta-feira (27), do projeto “Município em Foco”, evento que reuniu dezenas de prefeitos e prefeitas, durante plenária na cidade de Imperatriz, que discutiram com membros da Bancada Maranhense em Brasília e representantes do Governo Federal temas de interesse das cidades.

A iniciativa foi promovida pelo presidente da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (Famem), prefeito Gil Cutrim (São José de Ribamar), em parceria com a Bancada e a administração do prefeito Sebastião Madeira (PSDB).

“Foi um momento ímpar no qual os gestores públicos municipais tiveram a oportunidade de apontar as reivindicações, que foram absolvidas pelos deputados federais e senadores, e que serão levadas ao Governo Federal com o objetivo de que sejam concretizadas. Além disso, serviu para que fosse oficializado um pacto entre todos os agentes da classe política maranhense em favor do fortalecimento do municipalismo no estado”, afirmou o parlamentar, que é 2º vice-presidente da AL.

Além de vários agentes da classe política do estado, os gestores dialogaram diretamente com os superintendentes regionais da Caixa Econômica Federal e do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), Hélio Durans e Gerardo Fernandes, respectivamente.

Aos representantes do Governo Federal, foram feitos diversos questionamentos acerca de projetos das cidades que continuam tramitando nos órgãos. Já à classe política, dentre eles deputados federais e ao senador Roberto Rocha (PSB), foi reivindicado apoio irrestrito à execução de importantes ações, dentre elas recuperação e duplicação de rodovias federais interligando os municípios; disposição do Governo Federal em firmar parcerias com as Prefeituras para executar obras de infraestrutura nas cidades, por exemplo.

Gil Cutrim classificou o encontro como extremamente proveitoso, uma vez que foi estabelecido um canal permanente de diálogo entre os agentes da classe política e apontadas reivindicações que serão solicitadas pelos membros da Bancada junto ao Governo Federal e, cujo andamento, será feito pela Famem.

Avaliação semelhante fez a prefeita de Vila Nova dos Martírios e presidente da Associação dos Municípios da Região Tocantina, Karla Batista. “O encontro serviu para unificarmos o discurso, juntarmos força e trabalharmos juntos, a partir de agora, pelo desenvolvimento dos municípios maranhenses”, disse.

Coordenador da Bancada Maranhense em Brasília, o deputado federal Pedro Fernandes (PTB), também elogiou a iniciativa afirmando que novas reuniões serão realizadas em breve em outras regiões do estado.

Também participaram da plenária os deputados federais Cleber Verde (PRB), Weverton Rocha (PDT), Fufuquinha (PEN), Zé Reinaldo (PSB), Hildo Rocha (PMDB), Deoclides Macedo (PDT); o senador Roberto Rocha; além dos deputados estaduais Ricardo Rios (PV), Valéria Macedo (PDT), Marco Aurélio (PC do B) e Leo Cunha (PSC).

Secretaria de Saúde de Lago da Pedra leva atendimento aos presos na delegacia da cidade

Maranhão
 

As ações de combate a tuberculose realizada pela prefeitura de Lago da Pedra através da Secretaria de Saúde, chegaram a Delegacia de Polícia da cidade, onde os oito detentos da carceragem passaram por avaliação junto a equipe de profissionais de saúde.

Por fazerem parte de um grupo vulnerável, foi priorizado não apenas a avaliação de tuberculose, mas também de hanseníase, além de outros atendimentos como medição de pressão arterial e teste do HIV. Os detentos também foram vacinados de acordo com suas necessidades contra o tétano, febre amarela e hepatite B. Os presos também receberam medicamentos.

O delegado Jorge Pacheco, que responde pela delegacia da polícia civil no município destacou a importância do governo municipal está realizando este trabalho junto aos detentos.

“Este trabalho é muito importante porque é um público vulnerável. Este trabalho está de parabéns porque está cumprindo uma determinação constitucional, uma determinação legal, e também porque apesar deles estarem presos eles tem direito a saúde.

Este trabalho ajuda a gente, porque o município fazendo este trabalho preventivo, poupa a gente de está levando eles direto para o hospital e aí a gente pode se dedicar mais a atividade civil que é investigar os crimes e atender a população”, enfatizou o delegado.

Zé Inácio entrará com representação junto aos órgãos de Defesa do Consumidor contra reajuste do transporte coletivo

Cidade
 

: O presidente da Comissão dos Direitos Humanos e das Minorias, Ze Inácio entra com representação junto ao Ministério Público e Procon.

: O presidente da Comissão dos Direitos Humanos e das Minorias, Ze Inácio entra com representação junto ao Ministério Público e Procon.

O deputado Zé Inácio (PT) entrará nesta segunda-feira (30) com representação junto ao Procon e Ministério Público objetivando que tais órgãos, que atuam em defesa do consumidor ajuízem ação contra a Prefeitura Municipal de São Luís e o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de São Luís – SET, que reajustou a tarifa do transporte público em 16% a partir da 0h deste domingo (29).

O Parlamentar que é presidente da Comissão de Direitos Humanos e das Minorias, diz que a representação visa coibir a medida tomada pela Prefeitura Municipal de São Luís em reajustar de forma abusiva a tarifa do transporte coletivo.

“Ainda nesta segunda-feira (30), eu como presidente da Comissão Direitos Humanos e das Minorias entrarei com essa representação com o intuito de coibir esse reajuste no valor do transporte público de São Luís, que é um dos mais caros do país e de péssima qualidade”.

O valor cobrado na maioria dos coletivos subiu de R$ 2,40 para R$ 2,80, enquanto as mais baratas passarão de R$ 1,90 para R$ 2,20 e R$ 1,60 para R$ 1,90.

Ainda de acordo com o deputado Zé Inácio (PT) o reajuste é o segundo em menos de 1 ano (O último aumento no preço das tarifas de ônibus havia sido anunciado em junho de 2014, após 16 dias de greve dos rodoviários). Sendo que a Prefeitura ainda alega que o reajuste é devido à alta do combustível.

Bomba! Licitação na Saúde é jogo de cartas marcadas: duas empresas paulistas devem ganhar

Política
 

Será realizada agora dia 8 do próximo mês de abril a licitação para a escolha das empresas ou Oscip que irão cuidar da tercerização dos serviços de pessoal, compra de medicamentos e equipamentos hospitalares da rede estadual de saúde, até que sejam realizados concursos públicos.

Ate agora são três as empresas que cuidam apenas do RH, isto porque o ex-secretário de Saúde, Ricardo Murad, chamou para si o controle da compra de medicamentos e equipamentos, a fatia maior do bolo, é claro. E tudo, na maioria, sem licitação, adquiridos de empresas do Rio de Janeiro, até como forma de se livrar das empresas maranhenses.

Recentemente, em audiência na Assembleia Legislativa, o secretário de Saúde, deixou bem claro que existem superfaturamento nos contratos das Oscip. Então daí  a razão da mudança, de uma licitação para contrataçãos de outras empresas.

O blog teve acesso a nomse de duas empresas de São Paulo, ligadas ao PCdoB, partido do governador que devem ganhar a maioria dos oito lotes do certame. Um deles deve ficar com a Oscip ICN, em quem encontraram o menor número de erros.

O processo licitatório foi todo dirigido para as duas empresas auxiliadoras de campanhas eleitorais de candidatos comunistas. É aguardar o resultado a a publicação aqui no blog.

E assim o governo de Flávio Dino vai colaborando para acabar com a corrupção na aplicação dos recursos públicos no Maranhão. Só se for depois do mandato dele.

 

Notificação do Procon-MA pede redução de tarifas de ônibus em 24h

Política
 

DO G1MA

Diretor do Procon-MA Duarte Júnior

Diretor do Procon-MA Duarte Júnior

O diretor do órgão Duarte Júnior disse, em entrevista ao G1, que o documento pede as justificativas do aumento e a redução dos preços em 24 horas. “Nessa notificação, primeiro pedimos a apresentação de justificativas, planilhas que justifiquem o aumento. A partir daí, vamos poder ter certeza se o aumento é abusivo ou não. Além disso, estamos pleiteando que, num prazo de 24 horas, o valor seja reduzido”, afirmou.

Segundo Duarte Júnior, o aumento desrespeita a legislação municipal ao ter sido efetivado sem a realização de audiências públicas e sem a publicação oficial da determinação.

“Primeiro, o respeito à Lei Municipal, que diz que, para que haja aumento nas tarifas, deve-se passar antes por audiências públicas na Câmara Municipal. E, também, o decreto que traz esse aumento não foi sequer publicado. Então, para que ele gere efeitos para a sociedade, ele precisa ser publicado. São esses procedimentos que nós estamos levantando nessa notificação”, explicou.

O diretor esclareceu ainda que o órgão busca inicialmente vias administrativas e, caso seja necessário, buscará vias judiciais. “A partir dessa notificação é que nós poderemos analisar e verificar se há aumento abusivo ou não, se há aumento justificado ou não.

Essa é uma etapa de colher elementos para verificar essas justificativas para pleitear que o valor seja reduzido, afinal de contas, o procedimento legal não foi respeitado. Após esses elementos, é que nós podemos aplicar algumas medidas previstas no Código de Defesa do Consumidor e no Decreto 2181 e zelar pela qualidade do serviço público em nosso Estado bem como no município”, concluiu.

39% de aumento nos últimos 9 meses

Na última sexta-feira (27), a Prefeitura de São Luís anunciou o aumento das tarifas de ônibus em São Luís. O valor da tarifa cobrada na maioria dos coletivos subiu de R$ 2,40 para R$ 2,80, enquanto as mais baratas passaram de R$ 1,90 para R$ 2,20 e R$ 1,60 para R$ 1,90. Os preços começaram a ser aplicados a partir de 0h de domingo.

A medida significa um aumento de 39% nos últimos 9 meses. O último reajuste havia sido anunciado em junho de 2014, após 16 dias de greve dos rodoviários. Na ocasião, o aumento foi de 23% (R$ 0,30) em todas as tarifas. Foi extinta a “domingueira”, desconto de 50% aos domingos, e ficou acordada a compra de 250 ônibus novos. Até o momento, 221 veículos já teriam sido entregues, segundo a prefeitura.

Milagres acontecem: Cadeirante levanta e anda em parada de ônibus

Política
 

Para que imagina que segunda-feira é um dia chato por causa do início dos trabalhos, o Dia Internacional da Ressaca para que bebeu todas no final de semana, uma dia nojento por causa dos cobradores e das dividas para pagar, eis que surgem milagres neste dia. E hoje foi um deles.

O repórter  da TV Mirante, Douglas Pinto, foi mostrar numa parada de ônibus o descaso dos donos de ônibus e motoristas para com as pessoas especiais, notadamente os cadeirantes.

Ao vivo, o jornalista exibia uma senhora empurrdo uma cadeira de rodas e um paraplégico nela. A situação mostrada na matéria era humilhante, com motoristas não parando os ônibus e alguns que paravam com adesivo no veículo de acesso para cadeirantes, o sistema não estava funcionando.

Mas o que chamou a atenção mesmo foi quando o cadeirante se emputeceu, levantou, saiu empurrando a cadeira de rodas e foi pegar um táxi. O repórter, é claro, ficou assustado. Veja abaixo a cena:

Alumar anuncia 650 demissões em São Luís

Maranhão
 

O Consórcio de Alumínios do Maranhão (Alumar/Alcoa) anunciou nesta segunda-feira, 30, o desligamento temporário da Linha 1 da Sala de Cubas em São Luís, eliminando a produção de alumínio primário, alegando falta de competitividade, com a conseqüente demissão de 650 trabalhadores do quadro. Com a decisão, a empresa passa a ampliar a produção de alumina na Refinaria e a operação portuária.

Para o presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de São Luís (Sindmetal), José Maria Araújo, a notícia é péssima, com muitos efeitos negativos e afeta trabalhadores diretos e indiretos, além de outras empresas que dependem do produto, refletindo como efeito dominó na cadeia produtiva. “A Alumar a cada dia causa mais decepção aos trabalhadores, indo contra tudo o que afirma”, avalia.

Segundo ele, a empresa divulga os melhores resultados, premiações e pesquisas, como o lucro líquido de U$ 432 milhões de dólares no último trimestre de 2014, que dependem a participação do trabalhador.

Segundo Araújo, a prioridade nesse momento é lutar pela garantia de emprego, melhores salários e benefícios até mesmo para aqueles que vierem a ser demitidos, retroativos à data-base (1° de março). Uma reunião está agendada para a próxima quarta-feira, 1º, entre Sindmetal e representantes da empresa, para discutir o assunto.

2014 – No ano passado, nesta mesma época (28 de março), a Alumar anunciou a demissão de 500 trabalhadores, alegando altos custos no preço da energia e outros gastos. Com a atuação do sindicato frente ao Ministério Público do Trabalho e à Justiça do Trabalho, as demissões foram reduzidas para 333 empregados, com garantia de salário extra ao pago na rescisão e prioridade em caso de reabertura da linha de produção.





  • Polls
    Desculpe, não há enquetes disponíveis no momento.

  • Contatos

    E-mail: [email protected]
    Telefone: 98 3236-1351
    Celular: 98 8722-6094

    Arquivos

    Posts ordenados por data de publicação.